Homepage

  • Francisco Spínola: 'Mais uma vez, a Nazaré provou que é o Evereste do surf de ondas grandes'
    11 fevereiro 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    WSL/Laurent Masurel
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O diretor-geral da WSL EMEA faz um balanço positivo do Nazaré Tow Surfing Challenge 2021/2022. "As performances falam por si. Tivemos ondas e notas muito boas."
  • Depois de mais de um ano e meio sem receber qualquer campeonato de ondas grandes por causa da pandemia, o Canhão da Nazaré acolheu duas espetaculares provas de tow-in no espaço de dois meses, a mais recente foi disputada na passada quinta-feira.

    A Praia do Norte voltou a viver um dia de festa, desafio e superação com o Nazaré Tow Surfing Challenge de 2021/2022, que abriu as hostilidades no que toca a eventos da World Surf League em Portugal neste ano de 2022. E muitos mais estão agendados para os próximos meses. A começar já pelo regresso do circuito mundial de surf a Peniche na primeira quinzena de março.

    No final da intensa jornada competitiva vivida na Nazaré, Francisco Spínola esteve um pouco à conversa com o MEO Beachcam, tendo feito um balanço positivo deste campeonato. "As performances falam por si. Tivemos ondas e notas muito boas. Mais uma vez, a Nazaré provou que é o Evereste do surf de ondas grandes", começou por por dizer o diretor-geral da WSL para a Europa, África e Médio Oriente.

    No entender de Spínola, o mar da Praia do Norte esteve "muito perfeito", apesar da estrutura organizativa da prova saber de antemão que o "mar não ia estar tão gigante como já vimos na Praia do Norte". "Este foi um dia com ondas muito limpas. Estávamos à espera deste tipo de condições. Mais uma vez, ficou provado que os big riders que têm passado mais tempo na Praia do Norte saem premiados", explicou o responsável da WSL. 

    Francisco Spínola abordou ainda os acidentes que foram registados no decurso da prova. "Nestes dias em que o mar está mais perfeito, os surfistas têm a tendência de arriscar mais. Foi um bocadinho isso que aconteceu. Não acredito nada em excessos de confiança. Os surfistas arriscaram mais porque as condições assim permitiram. Tivemos quatro ou cinco atletas que precisaram de assistência. À partida, não pareceu nada de muito grave", assegurou. 

    E depois de dois eventos grandiosos num tão curto espaço de tempo, o pensamento já está no futuro. "Estamos já a preparar a próxima edição do Nazaré Tow Surfing Challenge."

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Surf
  • Competição
  • WSL
  • World Surf League
  • Nazaré Tow Surfing Challenge
  • Portugal
  • Tow-in
  • Canhão da Nazaré
  • praia do norte
  • nazaré
  • Fotografia
    WSL/Laurent Masurel
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 26
Produção diária de energia eólica atingiu novo recorde em Portugal
janeiro 27
Revelado calendário dos circuitos regionais de surf para 2023
janeiro 27
Tempo frio vai continuar pelo menos até quinta-feira
janeiro 27
FPS anuncia 'grande mudança' no acesso aos circuitos em 2023
janeiro 26
Cidade chinesa regista temperatura recorde de -53ºC
janeiro 26
Frio fica para o fim de semana: todo o continente vai estar sob aviso amarelo
janeiro 26
FUEL TV lança programa de estágios