Homepage

  • Francisco Spínola e as 'expectativas muito altas' para o CT de Peniche em março
    14 janeiro 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Pedro Mestre
  • Fonte
    Alexandre Melo
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A prova portuguesa foi alterada do outono para o fim do inverno no hemisfério norte: "A ondulação é melhor", garante o diretor-geral da WSL EMEA.
  • Se é verdade que estamos a sensivelmente 15 dias do início do período de espera da primeira prova do Championship Tour (CT) de 2022, que terá lugar na tubular onda havaiana de Pipeline, não é menos verdade que já faltam menos de dois meses para o muito aguardado regresso da divisão máxima do surf mundial a Portugal.

    Entre os dias 3 e 13 de março, a emblemática Praia dos Supertubos, em Peniche, será o palco do MEO Pro Portugal, marcando o regresso do país às lides do CT, o que já não sucede desde outubro de 2019, ainda no mundo antes da chegada da pandemia. 

    Em conversa com o MEO Beachcam, à margem do evento de apresentação do Millennium BCP como banco oficial das provas da World Surf League em Portugal, Francisco Spínola assegurou estar tudo pronto para dar o início a mais um ano de campeonatos da WSL no país, onde naturalmente a etapa do CT é a joia da coroa, entre o vasto leque de provas que vão acontecer por cá.

    "As expectativas para o CT de Peniche estão muito altas. Temos a expectativa de ter um dos melhores anos de sempre em termos de qualidade das ondas", afirmou o diretor-geral da WSL para a Europa, África e Médio Oriente (EMEA).

    Um otimismo que advém do facto da prova lusa estar agendada para uma "altura do ano em que as ondas são muito boas", explicou o responsável da WSL.

    Ao contrário do que era habitual, a prova portuguesa não vai realizar-se em outubro, já em pleno outono, mas sim em março, na reta final do inverno no hemisfério norte. 

    "À parte do tempo estar mais frio, a ondulação é melhor. Naquela altura do ano, o banco de areia vai estar perfeito", assegura. 

    Em relação à nova parceria estabelecida com o Millennium BCP, cuja assinatura do acordo aconteceu esta sexta-feira no icónico Forte de São Miguel Arcanjo na Nazaré, Francisco Spínola não escondeu a satisfação com a chegada de mais uma insígnia ao universo do surf nacional. 

    "É muito importante para nós ter estas marcas a apoiar o surf, insígnias que partilham os valores desta modalidade. Esta é a única forma de continuar a fazer crescer o nosso desporto", concluiu.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Surf
  • Portugal
  • WSL
  • World Surf League
  • Francisco Spínola
  • Peniche
  • CT
  • Praia dos Supertubos
  • Fotografia
    Pedro Mestre
  • Fonte
    Alexandre Melo
similar News
similar
janeiro 28
Aumentaram os ataques de tubarão no mundo em 2021
janeiro 28
O CT 2022 está prestes a começar: eis sete motivos para acompanhar a nova época
janeiro 27
Kikas: 'O cut a meio da época causa nervosismo e ansiedade. Primeiro, quero ultrapassar esta fase'
janeiro 27
ISA anuncia datas do Mundial Júnior de 2022
janeiro 27
Praia da Rocha acolhe estreia da Algarve Surfing Cup
janeiro 27
AESP: Certificado de Qualidade de Escolas de Surf continuará a ser atribuído em 2022