Homepage

  • Francisco Spínola e as 'expectativas muito altas' para o CT de Peniche em março
    14 janeiro 2022
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Pedro Mestre
  • Fonte
    Alexandre Melo
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A prova portuguesa foi alterada do outono para o fim do inverno no hemisfério norte: "A ondulação é melhor", garante o diretor-geral da WSL EMEA.
  • Se é verdade que estamos a sensivelmente 15 dias do início do período de espera da primeira prova do Championship Tour (CT) de 2022, que terá lugar na tubular onda havaiana de Pipeline, não é menos verdade que já faltam menos de dois meses para o muito aguardado regresso da divisão máxima do surf mundial a Portugal.

    Entre os dias 3 e 13 de março, a emblemática Praia dos Supertubos, em Peniche, será o palco do MEO Pro Portugal, marcando o regresso do país às lides do CT, o que já não sucede desde outubro de 2019, ainda no mundo antes da chegada da pandemia. 

    Em conversa com o MEO Beachcam, à margem do evento de apresentação do Millennium BCP como banco oficial das provas da World Surf League em Portugal, Francisco Spínola assegurou estar tudo pronto para dar o início a mais um ano de campeonatos da WSL no país, onde naturalmente a etapa do CT é a joia da coroa, entre o vasto leque de provas que vão acontecer por cá.

    "As expectativas para o CT de Peniche estão muito altas. Temos a expectativa de ter um dos melhores anos de sempre em termos de qualidade das ondas", afirmou o diretor-geral da WSL para a Europa, África e Médio Oriente (EMEA).

    Um otimismo que advém do facto da prova lusa estar agendada para uma "altura do ano em que as ondas são muito boas", explicou o responsável da WSL.

    Ao contrário do que era habitual, a prova portuguesa não vai realizar-se em outubro, já em pleno outono, mas sim em março, na reta final do inverno no hemisfério norte. 

    "À parte do tempo estar mais frio, a ondulação é melhor. Naquela altura do ano, o banco de areia vai estar perfeito", assegura. 

    Em relação à nova parceria estabelecida com o Millennium BCP, cuja assinatura do acordo aconteceu esta sexta-feira no icónico Forte de São Miguel Arcanjo na Nazaré, Francisco Spínola não escondeu a satisfação com a chegada de mais uma insígnia ao universo do surf nacional. 

    "É muito importante para nós ter estas marcas a apoiar o surf, insígnias que partilham os valores desta modalidade. Esta é a única forma de continuar a fazer crescer o nosso desporto", concluiu.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Surf
  • Portugal
  • WSL
  • World Surf League
  • Francisco Spínola
  • Peniche
  • CT
  • Praia dos Supertubos
  • Fotografia
    Pedro Mestre
  • Fonte
    Alexandre Melo
similar News
similar
fevereiro 01
Surf nacional lamenta perda de Pedro Lacerda
fevereiro 03
Lucas Fink, de Ipanema para as ondas grandes da Nazaré com a prancha de skimboard: 'Se o teu sonho não te dá medo, não estás a sonhar alto'
fevereiro 03
Sol e temperaturas acima dos 20ºC no primeiro fim de semana de fevereiro
fevereiro 03
Está a chegar o Circuito Regional de Surf do Sul 2023!
fevereiro 02
Tempo frio ainda deixa três distritos sob aviso amarelo
fevereiro 02
Praia da Empa coroou vencedores do Science Ericeira 2022
fevereiro 01
FUEL TV assegura transmissão do Winter Dew Tour 2023 à escala global