Homepage

  • Nuno Vitorino anuncia final da carreira no adeus ao Mundial
    10 dezembro 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Após eliminação nos quartos-de-final do Mundial ISA em Pismo Beach.
  • Dia marcante para o surf nacional, com Nuno Vitorino a anunciar o final da carreira competitiva, após ser eliminado do Mundial ISA de Surf Adaptado, que está a decorrer nos Estados Unidos. Uma das maiores figuras do surf nacional, Nuno Vitorino, que faz parte da Seleção Nacional desde a sua criação, termina, agora, uma carreira ímpar, com vários títulos e onde foi o grande impulsionador da evolução do surf adaptado nacional.

    “Não saio triste, há uma sensação de dever cumprido”, afirmou Nuno Vitorino, esta sexta-feira, depois de ser eliminado do ISA World Parasurfing Championship que termina este sábado, em Pismo Beach, Califórnia.

    Vitorino, o pioneiro do surf adaptado em Portugal, perdeu em quarto lugar da sua bateria dos quartos-de-final da classe Prone 2, mas aceitou o desaire com o mesmo desportivismo e espírito com que sempre competiu, quer enquanto atleta paralímpico (esteve como nadador nos Jogos Paralímpicos de Atenas’2004), quer como surfista, fundador da Associação Portuguesa de Surf Adaptado, (SURFAddict) e figura de proa de um movimento que a Federação Portuguesa de Surf acarinha há cerca de uma década.

    “Surfámos bem, fizemos boas ondas e foram uns quartos-de-final bem disputados. Não há mais nada a dizer, os outros foram melhores”, disse o antigo campeão europeu, finalista mundial (4º lugar) em 2018 e campeão do campeonato britânico em 2020.

    Mas mais do que a despedida deste Mundial, Nuno Vitorino, 44 anos, quis anunciar uma decisão que, assegura, “estava tomada há algum tempo”: o encerramento da carreira desportiva.

    “Acho que fui um bom embaixador do Desporto. Levei muitos atletas portadores de deficiência para as ondas e esse é o meu maior legado. Mais do que os títulos ou as medalhas, ter feito do surf adaptado, agora parasurfing, uma realidade de que nos podemos orgulhar em Portugal vale muito mais do que qualquer título. Isto não é uma despedida, longe disso, estarei todos os dias que puder na praia para continuar a surfar e ajudar pessoas na minha situação a sorrir”, declarou entre lágrimas de emoção.

    Amanhã, o último dia do ISA World Parasurfing Championship será também o dia decisivo para Portugal, com Marta Paço na final de VI1 feminino e Camilo Abdula na final de Stand 1 masculino. Podem acompanhar toda a ação em direto em: www.isasurf.org

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Pismo Beach
  • Nuno Vitorino
  • ISA World Adaptive Surfing Championship
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
dezembro 05
492 vidas já foram salvas pela Marinha desde o início do ano
dezembro 05
Mau tempo deixa todo o arquipélago dos Açores sob aviso amarelo
dezembro 05
Mundial ISA de Surf Adaptado já está na água: como ver a Seleção Nacional?
dezembro 05
Frederico Morais para Teresa Bonvalot: 'Tens de estar é orgulhosa da atleta que foste este ano'
dezembro 05
Já não chega proteger a biodiversidade: restaurar é o caminho
dezembro 02
Ericeira Surf Clube participa em projeto que promove a sustentabilidade ambiental e não só
dezembro 02
Primeiro fim de semana de dezembro vai ser frio, cinzento e chuvoso