Homepage

  • Temperatura média global pode vir a subir acima do calculado
    23 novembro 2021
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O alerta consta de um trabalho publicado esta semana na revista científica 'Nature Climate Change'.
  • As projeções de subida da temperatura média global elaboradas pela Organização das Nações Unidas (ONU) a partir dos compromissos e das políticas de redução dos gases com efeito de estufa, são mais incertas do que se admite. O alerta consta de um estudo publicado esta semana na revista científica 'Nature Climate Change'.

    Segundo as estimativas mais recentes da ONU, apesar dos novos compromissos para 2030 anunciados antes e durante a recente Conferência do Clima (COP26), o planeta Terra dirige-se para um aumento "catastrófico" de 2,7ºC até ao final do século, longe dos objetivos do Acordo de Paris, de limitar bem abaixo de 2ºC, se possível 1,5ºC, em relação à era pré-industrial.

    Mas a precisão aparente destas previsões induz em erro, segundo o estudo, do qual vários autores participaram também na elaboração da avaliação da ONU, que agora questionam.

    Por causa da "precisão enganadora" dos anúncios feitos durante a COP26 em Glasgow, os "países podem ser levados a acreditar que estão a fazer progressos, quando se pode estar a passar o contrário", comentou a autora principal do estudo, Ida Sognnaes, do centro de investigação CICERO, em Oslo.

    A maior parte das projeções climáticas baseiam-se em modelos que partem da temperatura final desejada em 2100 - um aumento de 1,5ºC ou 2ºC, por exemplo - e procuram determinar a forma de aí chegar, ajustando variáveis como a utilização do carvão ou o desenvolvimento das energias renováveis.

    Ao contrário, este estudo "é uma previsão", reforçou Glen Peters, outro cientista do CICERO. Sete grupos de modelização climática usaram este método para avaliar os compromissos assumidos para 2030 pelos cerca de 200 países signatários do Acordo de Paris.

    Os resultados foram aumentos estimados entre 2,2ºC e 2,9ºC. Mesmo que estes números não estejam muito afastados dos da ONU, os investigadores salientam a sua falta de certeza.

    "Se olharmos para a parte inferior do intervalo, isso pode levar a pensar que estamos verdadeiramente próximos dos objetivos do Acordo de Paris (...). Mas também é provável que o aquecimento seja em torno dos 3ºC, o que implicaria políticas bem mais fortes", declarou Glen Peters, à AFP.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Meio Ambiente
  • Estudo
  • Mundo
  • Planeta Terra
  • Natureza
  • Temperatura
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
julho 03
Martim Nunes e Erica Máximo são os novos campeões nacionais Sub-20
julho 02
Declaração de Lisboa aprovada no fecho da Conferência dos Oceanos
julho 01
Subida da temperatura e diminuição da intensidade do vento no fim de semana
julho 01
Conferência dos Oceanos encerra esta sexta-feira com adoção da Declaração de Lisboa
julho 01
Biodiversidade vai ser afetada com a mineração do mar profundo
junho 30
Maya Gabeira é Campeã para o Oceano e a Juventude da UNESCO
junho 30
Revelados os competidores do Softboard Heroes 2022