Homepage

  • Nacional de Bodysurf: Diogo Areias quebra invencibilidade de Miguel Rocha em 2021
    06 setembro 2021
    arrow
    arrow
  • Entre os juniores, António Pereira Coutinho foi o vencedor de uma categoria que, na presente temporada, regista três vencedores diferentes em outras tantas etapas.
  • Depois de uma paragem de três meses, provocada por constrangimentos relacionados com o atual contexto pandémico, a temporada de 2021 do Campeonato Nacional de Bodysurf voltou à água no passado domingo com a realização da terceira etapa. Esta teve como palco a Praia de Santa Cruz, no concelho de Torres Vedras.

    Uma competição que contou com quase 40 atletas inscritos e que também ficou marcada por um paddle out de homenagem a Carlos Bernardes, antigo presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras que faleceu no passado mês de maio e era um grande impulsionador dos desportos de ondas.

    O Santa Cruz Pro teve início às 8h50, hora de Portugal Continental, com a categoria Open a enfrentar um mar sem vento e com ondas de meio metro e boa formação. Pelas 11h30 com a maré a subir, a organização decidiu parar a prova por falta de ondas, recomeçando a mesma pelas 17h00, com o mar ligeiramente maior do que no período da manhã, mas também a sofrer a influência do vento sul que, entretanto, se fez sentir.

    No hora do reatamento, entrou em cena a final da categoria Júnior. Nela participaram os irmãos Coutinho, António e Francisco, Carlos Madeira e Tiago Mesquita.

    Com poucas ondas a entrarem foi António Pereira Coutinho que se distinguiu com um surf fluído e consistente, sendo o terceiro vencedor diferente em três provas já disputadas em 2021.

    Vencedor na Vagueira, Tiago Mesquita teve de contentar-se com o segundo posto. O terceiro lugar ficou na posse de Francisco Pereira Coutinho, enquanto o jovem Carlos Guimarães alcançou a quarta posição.

    Seguiu-se a primeira meia-final da categoria Open, que foi a bateria mais imprevisível do dia, uma vez que as posições estiveram em permanente mudança até ao toque da buzina. Pedro Collaço, Jaime Bonito, Rodrigo Carrajola e Diogo Areias foram os protagonistas deste renhido confronto. Diogo Areias e Jaime Bonito acabaram por ser os bodysurfers que avançaram para a grande final.

    Final essa que decorreu desde os primeiros instantes a favor de Diogo Areias, que quebrou assim a invencibilidade de Miguel Rocha na presente temporada. Migas foi o terceiro classificado no heat decisivo, tendo ficado atrás de Jaime Bonito, que ficou com a posição intermédia de pódio. Tiago Mesquita foi quarto.

    O Campeonato Nacional de Bodysurf ruma agora a Cascais, onde no próximo fim de semana (11 e 12 de setembro) serão realizadas as últimas duas etapas da temporada, que vão definir quem são os novos campeões nacionais desta modalidade. 

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • Campeonato Nacional de Bodysurf
  • Bodysurf
  • Competição
  • Portugal
  • Santa Cruz
  • Câmara Municipal de Torres Vedras
  • FPS
  • Federação Portuguesa de Surf
  • Associação Surf Social Wave
  • Diogo Areias
  • António Pereira Coutinho
  • Fotografia
    CNBS
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
outubro 15
Nasceu a Matosinhos Surf School Cup: a nova competição para as escolas de surf do concelho
outubro 15
Faleceu Tom Morey, o Pai do Bodyboard
outubro 15
Recolhidos 10 kg de lixo marinho na Praia do Samouco (Galeria Fotos)
outubro 15
Reserva Mundial de Surf da Ericeira comemorou 10º aniversário
outubro 15
'EDP Surf for Tomorrow' - A viagem às Maldivas
outubro 15
Nuno Vitorino recebe prémio do Comité Paralímpico de Portugal
outubro 15
Fim de semana chega com tempo mais cinzento e regresso da chuva nas regiões Norte e Centro