Homepage

  • Kaleigh Gilchrist, a outra surfista de ouro em Toquio’2020
    07 agosto 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Contribuiu na grande final com dois golos para o triunfo dos Estados Unidos por 14-5 frente à Espanha.
  • Há uma nova medalha de ouro para uma surfista em Tóquio’2020 e chegou este sábado, no penúltimo dia dos Jogos Olímpicos que se estão a realizar no Japão. Kaleigh Gilchrist, competidora regular no circuito WQS da World Surf League, fez parte da equipa olímpica norte-americana que este sábado conquistou o torneio de polo aquático. Embora seja numa modalidade diferente, a água está sempre presente...

    Aliás, Gilchrist ajudou os Estados Unidos da América a sagrarem-se tricampeões olímpicos, uma vez que a equipa feminina já tinha conquistado o ouro em Londres’2012 e Rio de Janeiro’2016. Contudo, no caso da surfista esta é a segunda medalha de ouro, uma vez que só esteve presente nas olimpíadas brasileiras.

    Aos 29 anos, a atletas nascida Newport Beach, na Califórnia, conseguiu a sua segunda medalha de ouro olímpica, depois de ter contribuído na grande final com dois golos para o triunfo por 14-5 frente à Espanha. Em todo o torneio Kaleigh Gilchrist apontou sete tentos, destacando-se na frente de ataque norte-americana.

    Além dos dois títulos olímpicos, a atleta californiana também ajudou o seu país a sagrar-se campeão mundial em 2019 e 2015, além de ter vencido a Liga Mundial da modalidade em 2018 e já no corrente ano de 2021.

    Um currículo bem superior ao obtido no surf, onde foi campeã nacional norte-americana de Sub-18 em duas ocasiões, 2009 e 2010. Apesar de a melhor classificação que conseguiu a nível de WQS ter sido o 73.º posto final do ranking, em 2017, Gilchrist continua a afirmar que tem o sonho de chegar ao WWT.

    Ainda assim, é no polo aquático que mais se tem destacado, somando mais este enorme sucesso. No entanto, desta vez, ao contrário do Rio de Janeiro, Gilchrist não foi a única surfista a subir ao pódio, pois o surf fez a sua estreia olímpica em Tóquio’2020, com a compatriota Carissa Moore a vencer a prova feminina e o brasileiro Italo Ferreira a prova masculina.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Kaleigh Gilchrist
  • Tóquio'2020
  • Jogos Olímpicos
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
fevereiro 08
Aviso amarelo de chuva alargado aos distritos de Lisboa e Setúbal
fevereiro 08
Condomínio privado vai nascer bem próximo de Ribeira d'Ilhas para 'atrair entusiastas de surf'
fevereiro 08
Fundo dinamarquês quer investir oito mil milhões de euros em energia eólica ao largo da Figueira da Foz
fevereiro 07
O tempo vai mudar esta quarta-feira: vem aí chuva em especial na região Sul
fevereiro 07
Seleção Nacional de Surf inicia operação Mundial ISA/Eurosurf com estágio em Peniche
fevereiro 07
Caparica recebe em março prova de qualificação para a Liga MEO Surf 2023
fevereiro 07
Cursos de Treinadores de Surfing Grau I/Surf Grau II da ASIP alargados a novos locais e já com inscrições abertas