Homepage

  • Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins avançam para a ronda 3  
    25 julho 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Na próxima ronda Yolanda enfrenta Johanne Defay e Teresa Silvana Lima.
  • Fez-se história esta madrugada de domingo, com o surf a estrear-se como modalidade olímpica. E foi uma estreia bem positiva também para as cores nacionais, com Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins, cada uma à sua maneira, a conseguirem uma vaga na ronda 3 da prova feminina e escapando às primeiras eliminações desta prova.

    Com o mar a crescer ao longo do dia, mas com ondas pequenas ao início da manhã, foi pelas 2H20 portuguesas que Teresa Bonvalot entrou na água no primeiro heat olímpico da história do surf feminino. Acompanhada pela campeã mundial e número um mundial Carissa Moore, Teresa esteve em bom plano e só foi mesmo superada pela norte-americana.

    Com 9,80 pontos, Teresa alcançou o segundo posto, que valeu a passagem direta para os oitavos-de-final, embora não tivesse beneficiado muito no seeding, uma vez que teve dos scores mais baixos da ronda. Carissa saiu vencedora, com 11,74 pontos. A equatoriana Dominic Barona e a peruana Daniella Rosas foram atiradas para a repescagem.

    Mais tarde, pelas 5 horas, foi Yolanda Hopkins a entrar na água, com a RTP a colocar no ar o surf quando as portuguesas estiveram em ação. Yolanda não teve a mesma sorte que a compatriota e acabou por falhar a qualificação por menos de 0,5 pontos. Com o triunfo a sorrir à norte-americana Caroline Marks, a neozelandesa Ella Williams carimbou o segundo posto. A costarriquenha Leilani McGonagle também foi parar à repescagem.

    Antes da prova feminina, tinham sido os homens a entrar na água e a ronda inaugural contou com algumas surpresas, com os maiores destaques a serem as derrotas de John John Florence, Jeremy Flores ou Julian Wilson. Contudo, todos eles corrigiram esse percalço, ao conseguirem superar a fase de repescagem. Ainda assim, saem todos beliscados no seeding para os oitavos-de-final. Referência ainda para o facto de o costarriquenho Carlos Muñoz não ter chegado a tempo da competição.

    A última ronda a entrar na água, já ao início da manhã portuguesa, foi a repescagem feminina. Com as primeiras quatro surfistas a serem eliminadas, Yolanda Hopkins competiu no último heat do dia e soube resistir à pressão, carimbando um triunfo sólido. Com 12,23 pontos, a surfista algarvia superou toda a concorrência, deixando a francesa Paulino Ado no segundo posto e a peruana Sofia Mulanovich no terceiro.

    A israelita Anat Lelior e a peruana Daniella Rosas ficaram pelo caminho no heat da portuguesa, com a costarriquenha Leilani McGinagle e a equatoriana Dominic Barona a ficarem pelo caminho. Nos homens, além de Muñoz, o chileno Manuel Selman, o alemão Leon Glatzer e o argentino Leandro Usuna são os surfistas já eliminados.

    Com o sonho olímpico português ainda bem vivo, na próxima ronda as surfistas portuguesas terão heats difíceis pela frente. Contudo, a subida do mar deixa boas perspetivas. Yolanda Hopkins vai ter pela frente a francesa e número 2 mundial Johanne Defay no heat 2, enquanto Teresa Bonvalot vai enfrentar a experiente brasileira e antiga top mundial Silvana Lima no heat 6. Heats que devem acontecer esta madrugada, com a presença nos quartos-de-final em jogo.

    Caso consigam avançar na prova, Teresa e Yolanda já conhecem a zona do draw em que ficam, sendo que Teresa até poderá reencontrar Carissa Moore nos quartos-de-final, caso ambas avancem. Já Yolanda pode ter pela frente a australiana e sete vezes campeã mundial Stephanie Gilmore e mais à frente, caso lá cheguem, poderá reencontrar-se com Caroline Marks.

    Já do lado masculino destaque para o embate entre os norte-americanos Kolohe Andino e John John Florence no heat 2 dos oitavos-de-final, enquanto no heat 4 Gabriel Medina defronta Julian Wilson. Já o campeão mundial Italo Ferreira ficou praticamente “sozinho” na segunda metade do draw, ele que na próxima ronda enfrenta o neozelandês Billy Stairmand.

    Heats da ronda 3 feminina

    H1: Stephanie Gilmore (AUS) x Bianca Buitendag (AFS)
    H2: Johanne Defay (FRA) x Yolanda Hopkins (PRT)
    H3: Brisa Hennessy (CRC) x Ella Williams (NZL)
    H4: Caroline Marks (EUA) x Mahina Maeda (JAP)
    H5: Carissa Moore (EUA) Sofia Mulanovich (PER)
    H6: Silvana Lima (BRA) x Teresa Bonvalot (PRT)
    H7: Tatiana Weston-Webb (BRA) x Amuro Tsuzuki (JAP)
    H8: Sally Fitzgibbons (AUS) x Pauline Ado (FRA)  

    Heats da ronda 3 masculina

    H1: Kanoa Igarashi (JAP) x Rio Waida (INA)
    H2: Kolohe Andino (EUA) x John John Florence (EUA)
    H3: Michel Bourez (FRA) x Ramzi Boukhiam (MAR)
    H4: Gabriel Medina (BRA) x Julian Wilson (AUS)
    H5: Italo Ferreira (BRA) x Billy Stairmand (NZL)
    H6: Hiroto Ohhara (JAP) x Miguel Tudela (PER)
    H7: Lucca Mesinas (PER) x Leonardo Fioravanti (ITA)
    H8: Owen Wright (AUS) x Jeremy Flores (FRA)  

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Jogos Olímpicos
  • Tóquio'2020
  • Yolanda Hopkins
  • Teresa Bonlavot
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
setembro 19
Nacional de Bodyboard: Pierre-Louis Costes e Filipa Broeiro triunfam no Cabedelo
setembro 19
Pierre-Louis Costes e Joana Schenker em evidência no arranque no Cabedelo
setembro 18
Kika e Afonso vencem em Supertubos de qualidade!
setembro 17
Está ON o dia final do Bom Petisco Peniche Pro!
setembro 17
Formação 'Surf & Rescue' a caminho da Figueira da Foz
setembro 17
Voluntários vão limpar a Praia do Cabedelo este sábado
setembro 17
Pure Piraña, a hard seltzer que refresca o verão