Homepage

  • ISA divulga lista de heats para Tóquio e portugueses já conhecem adversários
    06 julho 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Teresa é quem tem a adversária mais sonante pela frente!
  • A Associação Internacional de Surf (ISA) já divulgou no seu site o quadro de competição oficial para a prova de surf dos Jogos Olímpicos de Tóquio’2020. Dessa forma, o trio de portugueses que vai marcar presença na estreia olímpica do surf, composto por Frederico Morais, Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins, já conhecem os adversários que vão ter pela estreia.

    Kikas, que ocupa o 17.º posto do seeding entre os 20 surfistas em prova, em virtude do processo de qualificação, vai estar no segundo heat dos cinco que compõem a primeira ronda. O surfista português terá pela frente o japonês Kanoa Igarashi, que reside em Portugal, e o francês Jeremy Flores, ambos companheiros de Frederico no circuito mundial, além do peruano Miguel Tudela.

    Os dois primeiros classificados de cada heat avançam diretamente para a ronda 3, enquanto os outros dois terão de competir numa repescagem de dois heats de cinco surfistas cada, onde apenas os dois piores de cada uma dessas baterias vão para casa, ou seja, apenas quatro surfistas ficam de fora da ronda 3.

    Além disso, os scores e as posições obtidas na ronda inaugural também servirão para redefinir o seeding na ronda 3. Resumindo, mesmo tendo agora uma das piores posições do seeding, caso Frederico Morais vencesse a sua bateria com a melhor pontuação de toda a ronda, passaria automaticamente para número 1 do seeding na ronda 3, tendo pela frente nessa fase o 16.º e pior surfista do seeding.

    Destaque ainda para a presença neste quadro de John John Florence, a par de Kolohe Andino. Os dois surfistas norte-americanos têm estado a contas com lesões graves e a presença em Tóquio é uma incógnita, com o veterano e 11 vezes campeão mundial Kelly Slater à espreita para assumir uma possível vaga de substituto. A pouco mais de 15 dias do começo dos Jogos as dúvidas continuam, embora a publicação deste quadro de competição possa fazer acreditar que John John vai mesmo conseguir recuperar a tempo – Andino já se encontra a surfar e as dúvidas parecem menores.

    Esta é uma lista já divulgada pela ISA e diferente de uma lista inicial que chegou a circular pela internet, ainda que não fosse oficial. Apesar de ter sido possível apurar logo o seeding dos atletas, essa primeira lista não teve em conta, por exemplo, a ausência do sul-africano Jordy Smith, que está lesionado, e consequente troca com o italiano Leo Fioravanti. Uma situação que inverteu as posições do seeding, dando desde logo uma disposição diferente dos heats.

    Quadro de competição masculino

    Heat 1: Italo Ferreira (BRA) x Leo Fioravanti (ITA) x Hiroto Ohhara (JAP) x Leandro Usuna (ARG)
    Heat 2: Kanoa Igarashi (JAP) x Jeremy Flores (FRA) x Miguel Tudela (PER) x Frederico Morais (PRT)
    Heat 3: Kolohe Andino (EUA) x Julian Wilson (AUS) x Lucca Mesinas (PER) x Billy Stairmand (NZL)
    Heat 4 : John John Florence (EUA) x Owen Wright (AUS) x Manuel Selman (CHI) x Ramzi Boukhiam (MAR)
    Heat 5: Gabriel Medina (BRA) x Michel Bourez (FRA) x Leon Glatzer (ALE) x Rio Waida (IND)

    Já na prova feminina, Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins apresentam-se com um seeding melhor, estando dentro do top 10 inicial, em virtude de terem conseguido as primeiras vagas do mais recente Mundial ISA, em El Salvador. Ambas vão ter pela frente duas das mais poderosas surfistas em prova, a havaiana e campeã mundial em título Carissa Moore no caso de Teresa e a vice-campeã mundial em título Caroline Marks no caso de Yolanda, mas têm depois adversárias que estão ao seu alcance para conseguirem a passagem direta para a ronda 3.

    Quadro de competição feminino

    Heat 1: Carissa Moore (EUA) x Teresa Bonvalot (PRT) x Daniella Rosas (PER) x Dominic Barona (EQU)
    Heat 2: Sally Fitzgibbons (AUS) x Brisa Hennessy (CRC) x Mahina Maeda (JAP) x Bianca Buitendag (AFS)
    Heat 3: Stephanie Gilmore (AUS) x Silvana Lima (BRA) x Pauline Ado (FRA) x Anat Lelior (ISR)
    Heat 4: Tatiana Weston-Webb (BRA) x Johanne Defay (FRA) x Amuro Tsuzuki (JAP) x Sofia Mulanovich (PER)
    Heat 5: Caroline Marks (EUA) x Yolanda Hopkins (PRT) x Leilani McGonagle (CRC) x Ella Williams (NZL)    

    Está, assim, tudo a postos para a estreia olímpica do surf, onde Portugal vai ter três surfistas na luta por uma histórica medalha. Os Jogos Olímpicos de Tóquio têm data marcada de 23 de Julho a 8 de Agosto, enquanto o período de espera da prova de surf vai de 25 de Julho a 1 de Agosto. Falta apenas perceber se o quadro de competição masculino está mesmo fechado ou se ainda haverá uma presença de última hora para o melhor surfista de todos os tempos – cenário que a acontecer não deverá mudar o quadro de competição.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Jogos Olímpicos
  • Tóquio'2020
  • frederico morais
  • Teresa Bonlavot
  • Yolanda Hopkins
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
novembro 30
Fica a lenda! As reações à partida de Dapin
novembro 30
Falta de reservas marinhas e sobrepesca nos Açores preocupam organizações ambientais
novembro 30
Ação de Limpeza da Praia da Califórnia vai encerrar Exposição Viva do Programa Atlantis
novembro 30
Viana do Castelo recebeu evento que exaltou o surf como exemplo europeu de boas práticas
novembro 29
Dapin homenageado quarta-feira em Carcavelos
novembro 29
João Aranha: 'Dapin será sempre uma referência fundamental no surf nacional'
novembro 29
Surf português chora perda de 'Dapin'