Homepage

  • Teresa e Yolanda a um heat de garantirem duas vagas para Portugal em Tóquio
    03 junho 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Para Vasco Ribeiro as contas não são tão simples, depois de ter caído para a repescagem, mas ainda há possibilidade de se juntar a Kikas.
  • A carreira da Seleção Nacional no Mundial ISA de El Salvador segue de forma positiva, com a equipa das quinas a entrar na reta final do campeonato no top 4 da geral e bem posicionada para lutar pelo ouro. Contudo, todas as atenções estão centradas nas vagas olímpicas em disputa para Tóquio. E depois de ter conseguido carimbar uma vaga através de Frederico Morais neste mesmo Mundial em 2019 e de Kikas a ter confirmado a título pessoal esta quinta-feira, Portugal está muito perto de conseguir mais duas vagas através da participação feminina.

    Com a equipa feminina ainda completa, Portugal está bem lançado para assegurar o número máximo de vagas. Isto porque estando ainda em prova nas meias-finais do quadro principal, Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins estão a apenas um heat de garantir matematicamente a presença de duas surfistas nacionais em Tóquio, ainda que não seja de imediato a título pessoal.

    Com Teresa e Yolanda inseridas no mesmo heat, caso avancem mais uma ronda chegam à final do quadro principal. Isso significa que já não farão pior que o 6.º lugar. Como na prova feminina há sete vagas em jogo, isso garantiria automaticamente a Portugal duas vagas femininas.

    Contudo, com Carolina Mendes ainda em prova nas repescagens, essas duas vagas a serem confirmadas por Teresa e Yolanda podem não ser garantidamente delas. Mesmo num cenário de ficarem no top 6 final, Carol poderia ficar melhor posicionada no campeonato e ficar ela com uma dessas vagas, uma vez que cada país não pode ter mais que dois representantes por género.

    O mesmo cenário acontece caso só uma das portuguesas siga em frente. Portugal garante logo uma vaga em Tóquio, embora nenhuma das surfistas fique oficialmente garantida a título pessoal, pois fica sempre dependente da prestação das compatriotas. E mesmo que esse cenário de duplo sucesso nacional no próximo heat não aconteça e as duas sejam derrotadas frente à francesa Pauline Ado e à japonesa Mahina Maeda, as aspirações olímpicas mantêm-se intactas, ainda que o caminho pelas repescagens seja mais longo.

    Decisões importantes que ficam adiadas para sábado, pois esta sexta-feira não haverá ação no quadro principal feminino, apenas no masculino. Assim, apenas Carolina Mendes e Vasco Ribeiro vão estar em ação, num dia que tem programado a realização da ronda 5 do quadro principal masculino, da ronda 6 e 7 da repescagem masculina e a ronda 6 da repescagem feminina.

    Para Vasco Ribeiro as contas não são tão simples, depois de ter caído para a repescagem, sendo já o único português em prova do lado masculino. Vasco já só tem uma “vida” e sabe que em caso de derrota é eliminado, tendo ainda cinco rondas de repescagem pela frente. Neste caso, apenas interessa vencer heats e passar o maior número de rondas possíveis. Mas nada está perdido e ainda há possibilidade de Portugal conseguir as quatro vagas máximas para a estreia olímpica do surf.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

     

Tags
  • Teresa Bonlavot
  • Yolanda Hopkins
  • Portugal
  • El Salvador
  • Tóquio'2020
  • ISA World Surfing Games
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
outubro 04
Costa Nova coroou campeões de Kneeboard e Masters de Bodyboard
outubro 03
Portugal arrecada 30 prémios nos Oscares Europeus dos Turismo
outubro 03
Curso de Treinadores de Surf Grau I de regresso ao Dr. Bernard Surf Center
outubro 03
Joel Rodrigues e Filipa Broeiro vice-campeões europeu de bodyboard
outubro 03
Surf Clube de Viana em destaque no Euro’Meet 2022 na Dinamarca
outubro 03
Francisco Santos sagra-se campeão nacional Sub-12
outubro 03
Rodrigo Carrajola sagra-se tricampeão nacional de bodysurf