Homepage

  • Vasco mantém Tóquio na mira; Carolina Mendes eliminada
    05 junho 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Este sábado, Portugal vai ter toda a equipa em ação e pode já alcançar mais duas vagas para Tóquio.
  • O antepenúltimo dia do Mundial ISA em El Salvador ficou marcado por uma prestação sólida de Vasco Ribeiro, que se manteve vivo nas repescagens masculinos, prosseguindo a possibilidade de garantir a qualificação olímpica para Tóquio. O mesmo não pode dizer Carolina Mendes, que foi eliminada após um heat marcado pelo equilíbrio e pela emoção. Um dia agridoce, dedicado apenas às repescagens, e que manteve a equipa nacional em posição de medalhas coletivas.

    Portugal entra para a reta final deste Mundial em boa posição de conseguir medalhas individuais, coletivas e, acima de tudo, de conseguir mais vagas olímpicas. A verdade é que ainda há possibilidades reais de Portugal ir a Tóquio com equipa completa, numa altura em que Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins estão bem posicionadas na prova feminina e até poderão carimbar o passaporte para Tóquio já hoje. Por sua vez, Vasco Ribeiro ainda tem muito trabalho pela frente e já não dispõe de mais “vidas”, mas o surf apresentado dão confiança para que se possa juntar a Kikas nas Olimpíadas.

    Depois de ter caído para a repescagem na véspera de forma algo surpreendente, esta sexta-feira Vasco teve um grande dia, mostrando-se como um dos favoritos. O surfista do Estoril entrou por duas vezes na água e em ambas conseguiu prestações sólidas, que o deixam já na ronda 8 de repescagem, a quatro heats de poder lutar pelo sonho olímpico.

    Na ronda 6 Vasco teve pela frente o sul-africano e top mundial Matthew McGillivray e ainda o israelita Yoni Klein. Uma bateria em que cedo o português começou a dominar, acabando por vencer com 13,43 pontos, deixando McGillivray na 2.ª posição, com 10,90 pontos. Pelo caminho ficou Yoni Klein, que não conseguiu mais que 8,54 pontos.

    Após um heat tranquilo, na ronda 7 Vasco Ribeiro teve pela frente um duro teste, mas a resposta dada foi ainda mais assertiva. Apesar de ter tido um arranque mais resguardado, a meio da bateria Vasco abriu o livro e deu um recital de surf nas direitas de Sunzal. Depois de ter conseguido a melhor onda do heat, com 7,83 pontos, o surfista luso já estava confortável na liderança, mas decidiu aumentar ainda mais o nível e fechar com chave de ouro, com um 7,20, que lhe conferiu um total de 15,03 pontos.

    Uma prestação de alto nível, com Ribeiro a deixar toda a concorrência a larga distância. O peruano Lucca Mesinas ficou no 2.º posto, com 11,17 pontos, enquanto o costarriquenho Noe Mar McGonagle (10,67) e o norte-americano Ryan Huckabee (6,27) foram eliminados de prova.

    Agora, na próxima ronda, que será disputada este sábado em La Bocana, Vasco está inserido no heat 8. Pela frente o surfista português vai ter o espanhol e antigo top mundial Aritz Aranburu, o chileno Manuel Selman e ainda o panamiano e grande sensação deste campeonato Isauro Elizondo, de apenas 17 anos.

    Quem não teve a mesma sorte foi Carolina Mendes, que entrou apenas uma vez na água, o suficiente para dizer adeus à prova. Carol competiu no heat 4 da ronda 6 feminina das repescagens. Apesar de ter liderado o heat desde o início, a última troca de ondas acabou por ditar um desfecho inesperado, com a surfista lusa a cair para o 3.º posto.

    O heat foi vencido pela australiana e sete vezes campeã mundial Stephanie Gilmore, com 15,73 pontos, com a canadiana Bethany Zelasko a seguir em frente no 2.º posto, com 11,66 pontos, mais 0,49 que Carol, numa decisão que a equipa nacional considerou polémica. No último posto da bateria ficou a chilena Lorena Fica.

    Carol despediu-se, assim, de El Salvador num honroso 17.º posto, sendo a terceira baixa da equipa portuguesa, depois de Frederico Morais e Miguel Blanco terem sido eliminados da prova masculina na véspera. Algo que mantém a equipa portuguesa no 4.º posto da geral e em posição de medalhas, depois de a jornada desta sexta-feira ter permitido a ultrapassagem ao Peru, mas com a Austrália a ascender ao 3.º posto, com apenas mais 10 pontos que Portugal.

    Depois de um dia inteiro dedica às repescagens em Sunzal, este sábado a ação regressa a La Bocana para três rondas de repescagens masculinas, duas de repescagens femininas, uma ronda do quadro principal masculino e outra do feminino. Portugal vai ter toda a equipa em prova, num dia de grandes decisões.

    No quadro principal feminino Yolanda Hopkins e Teresa Bonvalot estão juntas no heat 1 da ronda 5, juntamente com a francesa Pauline Ado e a japonesa Mahina Maeda, sendo já certo que se ambas avançarem garantem automaticamente duas vagas para Tóquio. O mesmo acontece caso apenas uma delas consiga seguir em frente, com a outra a lutar depois por esse sonho na repescagem.

    Em relação a Vasco Ribeiro, para se manter em prova e a sonhar com a ida a Tóquio já sabe que terá de ultrapassar três exigentes rondas, numa altura em que a qualidade dos adversários é cada vez maior. Um dia muito importante em várias frente, inclusivamente para a classificação geral, onde a França e Japão seguem firmes na liderança, mas com a equipa das quinas a lutar com Austrália – tem os três representantes ainda em prova nas repescagens – e Peru – um represente no quadro principal e dois nas repescagens – pelo 3.º posto – dificilmente a equipa nacional ficará abaixo do 5.º posto da geral.

    A ação tem, assim, regresso marcado para as 14H30 horas em Portugal Continental, com Vasco Ribeiro logo no primeiro heat do dia. Já o grande heat feminino, onde Teresa e Yolanda podem garantir a presença em Tóquio acontece um pouco antes das 17 horas.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • ISA World Surfing Games
  • Vasco Ribeiro
  • Portugal
  • Carolina Mendes
  • El Salvador
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
novembro 30
Fica a lenda! As reações à partida de Dapin
novembro 30
Falta de reservas marinhas e sobrepesca nos Açores preocupam organizações ambientais
novembro 30
Ação de Limpeza da Praia da Califórnia vai encerrar Exposição Viva do Programa Atlantis
novembro 30
Viana do Castelo recebeu evento que exaltou o surf como exemplo europeu de boas práticas
novembro 29
Dapin homenageado quarta-feira em Carcavelos
novembro 29
João Aranha: 'Dapin será sempre uma referência fundamental no surf nacional'
novembro 29
Surf português chora perda de 'Dapin'