Homepage

  • Italo, Toledo e restante equipa brasileira também abandonam Mundial ISA
    02 junho 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Toledo já tinha caído para a repescagem e Italo ainda estava no quadro principal.
  • Primeiro foram nomes sonantes como Gabriel Medina, Carissa Moore ou Caroline Marks. Agora, Filipe Toledo, Italo Ferreira e restante equipa brasileira também decidiram abandonar o Mundial ISA, em El Salvador. A decisão aconteceu esta quarta-feira, depois de muita polémica em torno da debandada dos primeiros tops mundiais.

    O primeiro grupo de cinco surfistas que abandonou a prova após cumprir os requisitos de competir na ronda inaugural alegou a insegurança em termos de saúde, devido aos casos positivos de Covid-19 entre surfistas antes do arranque do campeonato. Agora, perante a imensa pressão das últimas horas, os responsáveis brasileiros decidiram enviar a restante equipa para casa.

    Com Medina e Tatiana Weston-Webb entre o primeiro lote de cinco surfistas que originou esta debandada de El Salvador e com Silvana Lima de fora por ter sido uma das surfistas que testou positivo, restava à equipa brasileira Filipe Toledo, Gabriel Medina e ainda Júlia Santos. Mas também estes estão de partida.

    Curiosamente, Júlia Santos já tinha sido eliminada na ronda 1 da repescagem feminina, depois de ter feito uma pontuação de 0,43 pontos, que já denunciava essa vontade em abandonar a prova. Já Toledo e Italo Ferreira, que é o campeão em título deste evento, ainda estavam em prova, embora posições distintas.

    Toledo já tinha caído para a repescagem e Italo ainda estava no quadro principal. Numa altura em que a competição vai a meio esta situação vem desvirtuar um pouco a verdade desportiva, uma vez que há surfistas que vão avançar para fases mais adiantadas sem terem de competir, sobretudo frente a dois dos principais candidatos.

    No caso de Italo, os beneficiados são o francês Jeremy Flores e o australiano Julian Wilson, que avançam diretamente para a ronda 5. Aqui os “estragos” são reduzidos, uma vez que tanto Wilson como Flores já estão qualificados para Tóquio.

    Dessa forma, já não haverá brasileiros em prova esta quinta-feira. Resta perceber se mais alguma nação com vagas garantias vai seguir o exemplo. Isto numa altura em que a Austrália continua fiel à prova, tendo apenas Nikki van Dijk como baixa, depois de a top mundial ter sido uma das surfistas a acusar positivo.

    Este foi mais um capítulo de uma novela que promete fazer correr muita tinta e que, certamente, vai obrigar a ISA a rever estatutos e regras para a qualificação dos Jogos Olímpicos de Paris’2024. Um episódio que não só belisca a reputação desta prova, que ganhou importância depois de se ter tornado palco da qualificação olímpica, mas que também pode prejudicar o futuro olímpico da modalidade…

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Mundial ISA
  • El Salvador
  • Brasil
  • filipe toledo
  • italo ferreira
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
julho 05
'É quase anti-desportivo e desrespeitador', assim define Tiago Pires o cut que houve no CT 2022
julho 04
Anunciada a composição das equipas do 2º Softboard Heroes
julho 04
Encalhou em Silves a baleia que arrojou na Praia dos Salgados e foi devolvida ao mar pela maré
julho 04
Baleia sem vida arrojou na Praia dos Salgados, mas foi devolvida ao mar pela maré
julho 04
O verão vai aparecer, finalmente: temperaturas vão ultrapassar os 40ºC durante a semana
julho 01
Subida da temperatura e diminuição da intensidade do vento no fim de semana
julho 03
Martim Nunes e Erica Máximo são os novos campeões nacionais Sub-20