Homepage

  • 5 títulos e 5 estatísticas sobre o campeão Vasco Ribeiro
    29 junho 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Dez anos após a primeira conquista, Vasco Ribeiro, de 26 anos, quebrou o recorde de títulos masculinos.
  • Vasco Ribeiro carimbou, este domingo, na Praia Grande o quinto título nacional da carreira. Um feito que o isola na lista de surfistas com mais títulos nacionais masculinos, depois de ter desempatado com Ruben Gonzalez. Aos 26 anos, Vasco cravou o seu nome no topo do surf português, numa altura em que procura derrubar a barreira internacional, de forma a prosseguir viagem na elite do surf mundial.

    Tudo começou no já longínquo ano de 2011, há precisamente uma década, quando um ainda pequeno Vasco Ribeiro se sagrou o campeão nacional mais novo da história, com apenas 16 anos. Um título que surpreendeu tudo e todos e que nos anos seguintes foi confirmado por muitas mais conquistas por parte do surfista da Praia da Poça, tanto dentro de portas como fora de portas.

    Aqui ficam cinco dados sobre este incrível registo conseguido por Vasco Ribeiro, que nem precisou de chegar à última etapa da temporada para carimbar o quinto título e suceder a Frederico Morais no trono do surf nacional.

    - Quando ganhou o primeiro título nacional, em 2011, ainda competiam na Liga MEO Surf nomes como Alexandre Ferreira, Aécio Flávio, João Antunes ou Pedro “Pecas” Monteiro, além dos atuais treinadores de Vasco, David Raimundo e Nuno Telmo. Vasco demorou apenas 10 anos para bater o recorde que Ruben Gonzalez havia estabelecido em 2008 e, curiosamente, nesse ano venceu a corrida pelo título frente a Ruben Gonzalez, que foi vice-campeão.

    - Desde que se estreou a vencer etapas, em 2009, Vasco já festejou por 14 vezes. O Porto foi o sítio onde venceu em mais ocasiões (4).

    - Já enfrentou 28 adversários na fase man on man da Liga e só está a perder para 3: Frederico Morais (4-7), Nic von Rupp (1-2) e Luís Perloiro (0-1). Guilherme Ribeiro, Halley Batista, Kiron Jabour, Pedro Henrique e Tiago Pires encontram-se empatados.

    - O maior número de etapas que esteve sem vencer foi 13, entre 2014 e 2017. Já a maior seca de títulos foi agora quebrada, após quatro anos de jejum.

    - Sempre que foi campeão venceu duas etapas nessa temporada. A única temporada em que venceu duas etapas e não foi campeão foi no ano passado, quando perdeu o sprint do título para Kikas.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Vasco Ribeiro
  • liga meo surf
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
setembro 17
Formação 'Surf & Rescue' a caminho da Figueira da Foz
setembro 17
Voluntários vão limpar a Praia do Cabedelo este sábado
setembro 17
Pure Piraña, a hard seltzer que refresca o verão
setembro 16
Bom Petisco Peniche Pro arranca com nota 10 e festa de tubos
setembro 17
Bom Petisco Peniche Pro: Dia dedicado ao surf feminino em Supertubos
setembro 17
Baía do Funchal acolhe terceira etapa do Circuito Regional da Madeira de SUP Race 2021
setembro 16
Esta sexta-feira começa o 1º Save The Waves Film Fest Azores Tour