Homepage

  • França com duas surfistas entre os infetados no Mundial ISA
    31 maio 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • França utilizou uma jogada tática para colocar três surfistas em vez de duas a disputarem uma segunda vaga feminina para Tóquio e, agora, acaba com apenas uma a fazê-lo.
  • A França é uma das equipas mais afetadas pelos casos positivos de Covid-19 que marcaram o arranque do Mundial ISA em El Salvador. Apesar de a organização apenas ter feito referência ao número de surfistas com teste positivo e não ter revelado nomes nem nacionalidades, a verdade é que após o primeiro dia de competição já foi possível descodificar alguns desses casos, uma vez que não entraram em prova.

    Entre os 11 casos positivos iniciais entre surfistas, que no dia seguinte foram reduzidos apenas a quatro, mas com todos os atletas a permanecerem em quarentena, destacam-se as francesas Vahine Fierro e Cannelle Bulard, que deixam, assim, a equipa gaulesa desfalcada com apenas Pauline Ado na luta pelas vagas olímpicas.

    Além da dupla gaulesa destaque ainda para a australiana e top mundial Nikki van Dijk, que também não competiu na ronda inaugural. Com um maior número de mulheres infetadas, as outras surfistas a não competirem na ronda inaugural foram a afegã Urzala Weiss, a brasileira Silvana Lima e a belga Camille Kindt.

    Já do lado masculino o único surfista a não competir foi o dinamarquês Lucas Bay. Contudo, esta segunda-feira, há ainda mais 12 heats da ronda inaugural masculina e outros 12 da feminina para perceber se existem mais surfistas impedidos de competir. Todos estes surfistas caíram para a repescagem, mas já não deverão poder entrar em prova.

    Curiosamente, a França utilizou uma jogada tática para colocar três surfistas em vez de duas a disputarem uma segunda vaga feminina para Tóquio e, agora, acaba com apenas uma a fazê-lo. Com a top mundial Johanne Defay já qualificada para as olimpíadas, via circuito mundial, os gauleses alegaram lesão de Defay para substituí-la por Cannelle Bulard. Só que Bulard é uma das surfistas infetadas, com o “truque” francês a cair por terra.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • ISA World Surfing Games
  • El Salvador
  • França
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
setembro 27
David Raimundo e a aventura de Vasco em Huntington Beach: 'Queríamos mais'
setembro 27
Praia da Aguçadoura coroou os campeões nacionais de bodyboard esperanças competição de 2021
setembro 27
10 anos depois, o Circuito Nacional de Bodyboard está a caminho dos Açores
setembro 27
Ericeira WSR+10 promove curso sobre surfing e sustentabilidade
setembro 24
Nunca houve tantas mulheres no circuito nacional como em 2021!
setembro 24
Frontón vai coroar o novo campeão do mundo júnior de bodyboard
setembro 24
O Desporto e a Atividade Física foram a debate em nova Digital Talk do Ericeira WSR+10