Homepage

  • Atenção Portugal: França vai ao Mundial ISA sem Johanne Defay
    24 maio 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Propositadamente ou não, a verdade é que Teresa Bonvalot, Yolanda Hopkins e Carolina Mendes terão, agora, uma terceira rival gaulesa na luta pelas as vagas ainda em jogo.
  • A seleção francesa sofreu uma baixa de última hora para o Mundial ISA, que arranca já no próximo fim-de-semana em El Salvador e que decide as últimas vagas olímpicas para Tóquio. Johanne Defay vai ser ausência na equipa gaulesa devido a lesão. Mas aquilo que poderia ser um rude golpe nas aspirações francesas na luta pelas medalhas, por exemplo, acaba por ser uma janela de oportunidade para ter três surfistas em vez de duas pela na luta pela vaga europeia.

    A França chega a El Salvador como uma das grandes adversárias de Portugal na luta pelas vagas europeias, sobretudo a nível feminino – no lado masculino já tem as vagas preenchidas via CT -, onde ainda pode conseguir mais uma vaga, em virtude de Defay já estar qualificada pelo CT. Propositadamente ou não, a verdade é que Teresa Bonvalot, Yolanda Hopkins e Carolina Mendes terão, agora, uma terceira rival gaulesa na luta pelas as vagas ainda em jogo.

    Segundo os meios de comunicação franceses, Johanne Defay está a contas com uma lesão num joelho, pelo que foi substituída por Cannelle Bulard. A equipa médica francesa esclareceu que a lesão da melhor surfista europeia da atualidade não é impeditiva de competir, até porque a mesma está em ação na etapa do circuito mundial em Rottnest Island. Contudo, vai “obrigá-la” a um período de descanso.

    Ora, com a presença em Tóquio já garantida e com um calendário bastante preenchido, estando atualmente a lutar pelo top 5 mundial no CT feminino, esta lesão acabou por ser o pretexto ideal para Johanne Defay poder ter justificação para falhar os Mundiais ISA. Assim, ao contrário do que aconteceu em 2019, a França terá toda a equipa feminina a lutar por essa vaga europeia – e também pelas restantes, pois na prova feminina ainda há 7 em disputa.

    Curiosamente, Defay não esconde o aspeto tático de toda esta situação. “Isto vai aumentar as possibilidades de termos uma segunda surfista nos Jogos Olímpicos. Tenho a certeza que as três representantes francesas vão dar tudo por tudo. Estou a torcer pela Pauline Ado, pela Vahine Fierro e pela Cannelle Bulard”, admitiu Johanne, citada pelo diário desportivo gaulês “L’Èquipe”.

    Os Mundiais ISA arrancam no próximo dia 29 de maio, sábado, e vão decidir as últimas 12 vagas para Tóquio, cinco do lado masculino e sete no feminino. Com Frederico Morais a ter conquistado já uma vaga para Portugal, a equipa nacional pode ainda conquistar mais uma vaga masculina e duas femininas. Espanha, Itália, Reino Unido e, sobretudo, França serão os principais rivais nessa luta.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

     

Tags
  • ISA World Surfing Games
  • França
  • Johanne Defay
  • Fotografia
    ISA
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
agosto 10
Banhos desaconselhados em cinco praias de Matosinhos
agosto 10
Dois animais marinhos devolvidos ao habitat natural ao largo de Aveiro
agosto 10
Buondi anuncia os vencedores das 7 cadeiras anfíbias Turtle
agosto 09
De quase eliminada de primeira à glória, assim foi a história de Carolina Santos na Costa Nova
agosto 09
Avistada caravela-portuguesa na Praia das Maçãs
agosto 09
Tartaruga presa em arte de pesca foi resgatada na foz do Mondego
agosto 09
Fajã da Areia acolheu o arranque do Circuito Regional de Bodyboard Open da Madeira 2022