Homepage

  • Estudo diz que tubarões usam campo magnético da Terra como GPS para nadarem longas distâncias
    26 maio 2021
    arrow
    arrow
Tags
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Mais estudos são necessários para se perceber como os tubarões usam o campo magnético para determinar a sua localização.
  • A conclusão surgiu de um grupo de investigadores da Universidade do Estado da Florida, nos Estados Unidos da América. Estes indicam que os tubarões usam o campo magnético da Terra como uma espécie de GPS natural para nadarem grandes distâncias pelos oceanos.

    Para suportar esta ideia, os investigadores fizeram experiências de laboratório com uma pequena espécie de tubarão-martelo (Sphyrna tiburo) e verificaram que o comportamento é semelhante ao observado em outros animais marinhos, como as tartarugas. Os tubarões são capazes de atravessar mares e encontrar o caminho de volta para se alimentarem e reproduzirem.

    “Sabemos que os tubarões podem responder a campos magnéticos. Não sabíamos que os detetavam e usavam como auxílio à navegação. Há tubarões que podem percorrer 20 mil quilómetros e acabar no mesmo lugar”, afirmou um dos autores do estudo, Bryan Keller, especialista em política marinha, citado pela agência noticiosa AP.

    Os cientistas estudaram uma espécie de tubarão-martelo que vive na costa americana e regressa todos os anos aos mesmos estuários, expondo 20 exemplares a condições magnéticas que simulavam locais a centenas de quilómetros de distância de onde foram capturados, na Florida.

    A equipa de investigadores observou que os tubarões começaram a nadar para norte quando as pistas magnéticas os fizeram pensar que estavam a sul de onde deveriam estar. Segundo Bryan Keller, é possível que esta sensibilidade ao campo magnético da Terra se estenda a outras espécies de tubarões, como os tubarões-brancos.

    No entanto, mais estudos são necessários para se perceber como os tubarões usam o campo magnético para determinar a sua localização e se tubarões maiores utilizam um sistema semelhante para se orientarem no seu caminho.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
similar News
similar
dezembro 01
Francisco Ordonhas vice-campeão mundial ISA Sub-18
novembro 30
Portugal segue na corrida às medalhas no Rio de Janeiro
novembro 29
Jornada agridoce para Portugal na Macumba das ondas pequenas
novembro 30
Os primos que levaram São Tomé e Príncipe ao Mundial ISA Júnior do Brasil
novembro 30
Mariana Rocha Assis vítima de assédio com fotos de nudez geradas pela... inteligência artificial
novembro 30
Nic von Rupp novamente convidado para o The Eddie Aikau Big Wave Invitational
novembro 30
Matosinhos Surf School Cup 2023 com regresso marcado para sábado