Homepage

  • Santarém tem projeto para piscina de ondas de surf
    17 maio 2021
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Segundo o promotor do projeto a tecnologia utilizada será a Wavegarden Cove.
  • Portugal pode estar cada vez mais perto de ter a primeira piscina de ondas artificiais para surf. De acordo com a notícia avançada pelo site “Rede Regional”, a Câmara Municipal de Santarém aprovou, esta segunda-feira, um projeto para a criação de um mega parque de surf no concelho. Ao que tudo indica, trata-se de um parque com tecnologia Wavegarden.

    De acordo com a mesma fonte, um pedido inicial de viabilidade de construção de um parque de surf com alojamento turístico no Casal D. Jorge, na freguesia da Achete, Azoia de baixo e Póvoa de Santarém foi aprovado por unanimidade. O projeto em causa terá sido apresentado por Verónica Santos Lima e prevê a construção de um parque com uma área total de 50 hectares. Nele ficará a piscina de ondas artificiais com cerca de 25 mil m2.

    Além da piscina de ondas, que será o grande ex-líbris deste projeto, o parque tem ainda previsto receber uma escola de surf e edifícios de apoio à modalidade, restaurantes, bares, esplanadas e ainda uma zona de alojamentos, que vai desde bungalows, tendas de glamping e uma unidade hoteleira.

    O promotor deste projeto calcula que o mesmo rondará os 25 a 30 milhões de euros. Um investimento que, certamente, estará à procura de apoios, tanto públicos como privados. O mesmo promotor destacou ao site regional que a tecnologia de ponta incluída no projeto já existe em países como Reino Unido e Austrália, havendo mais 30 projetos de parques deste género em desenvolvimento em cinco continentes,

    Tendo em conta essas indicações, chega-se à conclusão que essa tecnologia de ponta utilizada é a da Wavegarden Cove. Além da Austrália e Reino Unido (Bristol e Gales), também já existem piscinas destas na Coreia do Sul e nos Alpes, que abriu no último mês. Além disso, até 2023 a empresa basca aponta abrir mais quatro empreendimentos: duas no Brasil, uma na Escócia e outra na Califórnia.

    Resta agora perceber se este projeto tem pernas para andar e se irá mesma ver a luz do dia. E em caso positivo, quando tempo demorará a ser construído e aberto ao público. A verdade é que há mais de um ano que o site da Wavegarden coloca um ponto em Portugal no mapa que mostra projetos com possibilidade de desenvolvimento.

    Embora estejamos a falar de um distrito com reduzida cultura de surf, até porque não se localiza no litoral, a favor da região de Santarém está o facto de ser central e de ficar muito perto de Lisboa, assim como de Peniche ou Nazaré. Aliás, o local aprovado para este projeto está a cinco minutos da autoestrada A1, o que faz com que Lisboa fique a cerca de 40 minutos de distância.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Piscina de Ondas
  • Wavegarden
  • Santarém
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
junho 19
Viva o Dia Internacional do Surf!
junho 18
Portugal tem 42 praias interiores com Bandeira Azul, apenas a França tem mais
junho 18
Praia para cães chega a Vila Nova de Milfontes
junho 18
Vigilância regressa este sábado à Praia do Osso da Baleia
junho 17
Jovem surfista de 12 anos sobrevive a ataque de tubarão
junho 16
Vasco Ribeiro pode alcançar título nacional em Sintra
junho 16
Miss Costa Nova Cup 2021 confirmada