Homepage

  • Pradarias marinhas podem ajudar a reverter acidificação dos oceanos
    01 abril 2021
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Estes ecossistemas têm capacidade de absorver dióxido de carbono por fotossíntese mesmo quando não recebem luz solar.
  • Os ecossistemas conhecidos como pradarias marinhas podem ser fundamentais para fazer recuar a acidificação dos oceanos, de acordo com um estudo conduzido ao longo de seis anos por cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos da América.

    Estes habitats - compostos por extensões de leito marinho, em águas pouco profundas, coberto por plantas semelhantes às ervas terrestres, mas adaptadas à vida no mar - conseguem reduzir em cerca de 30% a acidez da água onde se encontram porque têm capacidade de absorver dióxido de carbono por fotossíntese mesmo quando não recebem luz solar.

    "Isto faz o ambiente das pradarias marinhas recuar para níveis de pH pré-industriais, semelhantes ao que aconteceria nos oceanos por volta de 1750", afirmou a investigadora Tessa Hill, do departamento de Ciências Planetárias e da Terra, coautora do estudo publicado ontem na revista científica 'Global Change Biology'.

    As pradarias subaquáticas sustentam ecossistemas complexos com animais como tartarugas marinhas, raias, pequenos tubarões, focas-comuns, cavalos-marinhos, lesmas do mar e várias espécies de peixes e moluscos, funcionando não só como zona de alimentação, mas também como 'berçário' de juvenis de muitas espécies.

    "São uma floresta marinha sem árvores", ilustrou a investigadora Aurora Ricart, do Laboratório de Ciências Oceânicas Bigelow, no Maine. Para o estudo, foram instalados sensores durante cinco anos em pradarias marinhas na Califórnia.

    "O mais surpreendente foi que [a redução da acidez da água] acontece durante a noite tal como de dia, mesmo quando não há fotossíntese", indicou Aurora Ricart, acrescentando que o efeito de alcalinização da água perdura durante semanas.

     

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, pode usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf! 

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Natureza
  • Meio Ambiente
  • Pradarias marinhas
  • Ecossistema
  • Estudo
  • mar
  • Oceano
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
agosto 05
Beachcam instala live cams nas praias de Paredes da Vitória e da Pedra do Ouro
agosto 05
Perdeu a vida o cachalote-pigmeu resgatado na Praia do Aterro
agosto 05
Carolina Santos estreia-se a vencer no circuito nacional de surf
agosto 05
Carolina Mendes brilha no arranque na Costa Nova
agosto 04
Joana Schenker e Madalena Valério terminam em 5º o Visit Maldives Pro 2022
agosto 04
Beachcam celebra 24º aniversário
agosto 03
Tudo a postos para o campeonato mais feminino do surf nacional!