Homepage

  • Liga MEO Surf: Afonso Antunes e Carolina Mendes repetem vitória na Ericeira
    11 abril 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A Liga MEO Surf segue agora para a Figueira da Foz, com a praia do Cabedelo a receber os melhores surfistas nacionais de 23 a 25 de Abril.
  • Afonso Antunes e Carolina Mendes conquistaram, este domingo, o triunfo no Allianz Ericeira Pro, aquela que foi a etapa inaugural da Liga MEO 2021, a principal prova de surf em Portugal e a que define os títulos de campeões nacionais. Afonso e Carol repetiram os triunfos alcançados no ano passado nesta mesma etapa, iniciando a temporada na frente dos respetivos rankings nacionais.

    A etapa ericeirense ficou marcada por uma forte afirmação dos novos talentos do surf nacional, com dois juniores e um sénior de primeiro ano a chegarem às finais. Além de Afonso Antunes, de 17 anos, também Guilherme Ribeiro, de 19, e Kika Veselko, de 17, os finalistas vencidos, ajudaram a elevar o nível, participando no “assalto” da nova geração aos pódios.

    O dia final do Allianz Ericeira Pro começou com um super heat entre Vasco Ribeiro e Tomás Fernandes nos quartos-de-final, com o tetracampeão nacional a bater o experiente surfista local. No heat seguinte Guilherme Ribeiro venceu Francisco Almeida, num duelo de surfistas da Costa de Caparica, e garantiu as primeiras meias-finais da carreira. Os quartos-de-final ficaram completos com os triunfos de Afonso Antunes frente a Arran Strong e também de Pedro Coelho frente ao top 4 nacional Luís Perloiro.

    Nas meias-finais, quando todas as odds pareciam apontadas para um triunfo de Vasco Ribeiro, a juventude e irreverência de Guilherme Ribeiro acabaram por fazer a diferença. Depois de ter garantido as meias-finais pela primeira vez na carreira, Gui não ficou satisfeito e foi ainda mais longe, causando uma das grandes surpresas da prova. Na segunda meia-final Afonso Antunes não deu azo a mais surpresas e bateu Pedro Coelho rumo a mais uma final na Ericeira.

    Com as ondas a chegarem em força para abrilhantar a final, Guilherme e Afonso disputaram um heat simbólico, que juntou dois surfistas que fizeram dezenas de finais juntos nas categorias mais jovens. Depois de uma disputa pautada pela espetacularidade de ambos, Afonso conseguiu o melhor score de todo o evento, com 15,25 pontos, para garantir o triunfo. Esta foi “apenas” a segunda vitória do júnior Afonso Antunes na Liga MEO Surf, igualando ainda o número de triunfos do pai, o antigo campeão nacional João Antunes, na Ericeira.

    “Foi muito bom ter partilhado a final com o Guilherme, que é um grande amigo meu”, começou por salientar Afonso Antunes. “Repetimos as finais que fazíamos quando éramos Esperanças e se pudesse repetia isto mais vezes. Somos dois grandes amigos, com sonhos muito grandes. A final foi provavelmente a altura do campeonato em que houve melhores ondas. Agora quero manter a forma e tentar fazer com que não aconteça o que aconteceu no ano passado, quando perdi o título na última etapa”, vincou o campeão do Allianz Ericeira Pro.

    Na prova feminina tudo começou com um triunfo de Kika Veselko frente à surfista local Carina Duarte na primeira meia-final. Kika esteve sempre por cima da disputa, mostrando-se mais uma vez como uma das surfistas em melhor forma ao longo de toda a competição No heat seguinte Carolina Mendes surpreendeu a campeã nacional em título Teresa Bonvalot, num heat marcado pelo equilíbrio e decidido por apenas 0,20 pontos.

    Depois de conseguir a segunda final da carreira na Liga MEO Surf, a júnior Kika Veselko chegava motivada à final para conseguir a primeira vitória da carreira. Contudo, teve pela frente uma experiente Carolina Mendes, que soube gerir o heat da melhor forma. Com as ondas a dificultarem a vida a ambas, Carol acabou por ter uma ponta final mais incisiva, vencendo com 10,6 pontos, contra 8,5 da adversária.

    “Foi um heat muito disputado, sem muitas ondas”, começou por dizer a campeã da etapa. “No entanto, já conheço muito bem esta onda. Tive um pouco de sorte, mas acabei por conseguir fazer a manobra que fez a diferença. A Kika Veselko surfou muito bem durante todo o campeonato. Sabia que tinha de dar tudo. Estou feliz por vencer, só me dá motivação para continuar a treinar. Foi um excelente começo de ano”, frisou Carolina Mendes.

    Com este triunfo, o terceiro na Ericeira e o segundo de forma consecutiva, Carolina Mendes chega, assim, à marca redonda de 10 triunfos em etapas da Liga MEO Surf. No histórico geral do circuito nacional de surf, Carol iguala o número de triunfos de Teresa Abraços, um dos nomes mais históricos dos primórdios do surf feminino nacional.

    Resultados finais do Allianz Ericeira Pro:
    Final masculina: Afonso Antunes 15,25 x Guilherme Ribeiro 12,35
    Final feminina: Carolina Mendes 10,60 x Kika Veselko 8,50
    Go Chill Expression Session: Guilherme Ribeiro
    Ericeira Best Surfer: Afonso Antunes e Carina Duarte
    Bom Petisco Girls Score: 14,65 Mafalda Lopes, na ronda 2

    A Liga MEO Surf segue agora para a Figueira da Foz, com a praia do Cabedelo a receber os melhores surfistas nacionais de 23 a 25 de Abril. Afonso Antunes e Carolina Mendes vão, assim, de licra amarela vestida para o Allianz Figueira Pro, que é a segunda de cinco etapas da Liga MEO Surf 2021 e o segundo dos três eventos do troféu Allianz Triple Crown.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

     

Tags
  • Afonso Antunes
  • liga meo surf
  • Allianz Ericeira Pro
  • Carolina Mendes
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
outubro 25
Novos campeões nacionais de bodyboard Open vão ser encontrados em Peniche
outubro 25
ASCC apresenta novidades para o circuito Caparica Power 2021/2022
outubro 25
2020 foi ano de pandemia, mas as emissões de gases com efeito de estufa alcançaram níveis recorde
outubro 22
Praia do Dragão Vermelho acolhe etapa única do Nacional de Longboard de 2021
outubro 22
Heat draw definido para a finalíssima do Nacional de Surf Esperanças Sub-18
outubro 22
Praia do Peneco alvo de 'intervenção porfunda'
outubro 23
Bodyboard: Conta de Instagram da IBC foi hackeada