Homepage

  • Sismo de 3,4 na escala de Richter abalou região de Lisboa
    18 março 2021
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O sismo foi registado às 9h51, hora de Portugal Continental.
  • A terra tremeu na região de Lisboa na manhã desta terça-feira, dia 18 de março. Um sismo de magnitude 3,4 na escala de Richter foi sentido na região, revelou em comunicado o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

    O abalo foi registado às 9h51, hora de Portugal Continental, nas estações da Rede Sísmica do Continente. O epicentro foi localizado a cerca de 8 quilómetros a este de Loures.

    De acordo com o IPMA, o sismo foi sentido com intensidade máxima IV (escala de Mercalli modificada) nos concelhos de Loures e Sintra (Lisboa). Foi ainda sentido com menor intensidade nos concelhos de Cascais, Lisboa, Mafra, Oeiras, Vila Franca de Xira, Amadora, Odivelas (Lisboa), Almada, Barreiro, Montijo e Seixal (Setúbal).

    A mesma entidade indica que o tremor de terra não causou qualquer tipo de danos pessoais ou materiais. 

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Portugal
  • ipma
  • Tremor de terra
  • Lisboa
  • Sismo
  • Março
  • Inverno
  • Terramoto
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
junho 21
O verão já chegou, mas o calor só regressa quarta-feira: temperatura vai subir 10ºC
junho 21
Deslizamento de carga de navio mercante encerrou barra da Figueira da Foz toda a manhã
junho 19
Viva o Dia Internacional do Surf!
junho 18
Praia para cães chega a Vila Nova de Milfontes
junho 18
Mau tempo coloca 13 distritos sob aviso amarelo
junho 18
Vigilância regressa este sábado à Praia do Osso da Baleia
junho 18
Portugal tem 42 praias interiores com Bandeira Azul, apenas a França tem mais