Homepage

  • FPS e AESDP pedem regresso à atividade do ensino do surfing
    04 março 2021
    arrow
    arrow
  • As entidades apelam à 'reabertura, faseada e controlada, da atividade de ensino das modalidades de deslize em ondas'.
  • A Federação Portuguesa de Surf (FPS) e a Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) enviaram uma carta aberta ao Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, ao presidente da Assembleia da República Eduardo Ferro Rodrigues e ao primeiro-ministro António Costa, na qual apelam para a “reabertura, faseada e controlada, da atividade de ensino das modalidades de deslize em ondas” [surfing].

    A FPS e a AESDP assumem-se como representantes da vertente desportiva do “surfing” em Portugal, aliando aos seus interesses aos da Associação Nacional de Surfistas (ANS) e World Surf League (WSL), coprotagonistas com a FPS na campanha de “Regresso ao Mar” que assinalou o fim da interdição da prática de surf no primeiro confinamento por causa da pandemia do novo coronavírus.

    A experiência do ano passado é, aliás, invocada como exemplo bem-sucedido e garantia de um regresso em confiança à atividade do ensino do “surfing”, conforme pode ler-se no documento enviado às entidades e assinado pelo presidente da direção da FPS, João Jardim Aranha e pelo presidente da direção da AESDP, João Diogo Pinto dos Santos.

    “O voto de confiança que este subsector recebeu da parte do Governo, tendo sido uma das primeiras atividades a reabrir após o primeiro confinamento, foi retribuída com uma definição clara de regras e comportamentos adotados por estes operadores, que assim demonstraram uma grande resiliência e capacidade de prestar os seus serviços em segurança, facto comprovado pela ausência de surtos originados no contexto das Escolas de Surf.”

    A própria natureza dos desportos de deslize, individuais e praticados ao ar livre é também invocada pela FPS e AESDP, que referem no documento: “A própria natureza destas modalidades, praticadas ao ar livre, em meio aquático e não implicando qualquer contacto entre praticantes, além de representar um reduzido risco de contágio, consiste também num enorme benefício para o bem-estar e para a saúde física e mental de quem as pratica”, acrescentando:

    “De reforçar ainda o papel das Escolas e Treinadores de Surf como autênticos guardiões das praias, determinantes na prevenção e segurança marítima, tendo-se traduzido ao longo das últimas décadas em inúmeras vidas salvas no mar e comprovando a importância da sua presença nas praias.”

    Depois de somar a estes fatores, o facto de, aquando o regresso à atividade, o ano passado, não terem sido registados quaisquer surtos relacionados com o “surfing” e, mais especificamente, com o trabalho das escolas, o documento conclui:

    “Estamos absolutamente conscientes da importância do confinamento para a redução dos contágios e controlo da propagação do vírus, comprovada pelo contexto mais animador em que nos encontramos ao dia de hoje. Desejamos que seja tida em consideração a importância da nossa atividade para a segurança nas praias, bem como para a saúde mental e bem-estar da população, permitindo uma retoma faseada assim que o Governo considere seguro dar início ao igualmente necessário desconfinamento.”

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • FPS
  • Federação Portuguesa de Surf
  • AESDP
  • Associação de Escolas de Surf de Portugal
  • Portugal
  • Escolas de Surf
  • Ensino
  • Ensino do surf
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
setembro 20
Joana Schenker vai ajudar a limpar a Praia da Mareta
setembro 20
Maior do que a Antártida: assim está o tamanho do buraco na camada de ozono
setembro 20
Finalíssima de Trestles foi o dia de competição mais visto de sempre em provas WSL
setembro 20
Inscrições reabertas para a etapa inaugural do Circuito de Surf do Ericeira Surf Clube
setembro 20
Surfistas femininas insurgiram-se no Bom Petisco Peniche Pro
setembro 19
Nacional de Bodyboard: Pierre-Louis Costes e Filipa Broeiro triunfam no Cabedelo
setembro 19
Pierre-Louis Costes e Joana Schenker em evidência no arranque no Cabedelo