Homepage

  • FPS e AESDP pedem regresso à atividade do ensino do surfing
    04 março 2021
    arrow
    arrow
  • As entidades apelam à 'reabertura, faseada e controlada, da atividade de ensino das modalidades de deslize em ondas'.
  • A Federação Portuguesa de Surf (FPS) e a Associação de Escolas de Surf de Portugal (AESDP) enviaram uma carta aberta ao Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, ao presidente da Assembleia da República Eduardo Ferro Rodrigues e ao primeiro-ministro António Costa, na qual apelam para a “reabertura, faseada e controlada, da atividade de ensino das modalidades de deslize em ondas” [surfing].

    A FPS e a AESDP assumem-se como representantes da vertente desportiva do “surfing” em Portugal, aliando aos seus interesses aos da Associação Nacional de Surfistas (ANS) e World Surf League (WSL), coprotagonistas com a FPS na campanha de “Regresso ao Mar” que assinalou o fim da interdição da prática de surf no primeiro confinamento por causa da pandemia do novo coronavírus.

    A experiência do ano passado é, aliás, invocada como exemplo bem-sucedido e garantia de um regresso em confiança à atividade do ensino do “surfing”, conforme pode ler-se no documento enviado às entidades e assinado pelo presidente da direção da FPS, João Jardim Aranha e pelo presidente da direção da AESDP, João Diogo Pinto dos Santos.

    “O voto de confiança que este subsector recebeu da parte do Governo, tendo sido uma das primeiras atividades a reabrir após o primeiro confinamento, foi retribuída com uma definição clara de regras e comportamentos adotados por estes operadores, que assim demonstraram uma grande resiliência e capacidade de prestar os seus serviços em segurança, facto comprovado pela ausência de surtos originados no contexto das Escolas de Surf.”

    A própria natureza dos desportos de deslize, individuais e praticados ao ar livre é também invocada pela FPS e AESDP, que referem no documento: “A própria natureza destas modalidades, praticadas ao ar livre, em meio aquático e não implicando qualquer contacto entre praticantes, além de representar um reduzido risco de contágio, consiste também num enorme benefício para o bem-estar e para a saúde física e mental de quem as pratica”, acrescentando:

    “De reforçar ainda o papel das Escolas e Treinadores de Surf como autênticos guardiões das praias, determinantes na prevenção e segurança marítima, tendo-se traduzido ao longo das últimas décadas em inúmeras vidas salvas no mar e comprovando a importância da sua presença nas praias.”

    Depois de somar a estes fatores, o facto de, aquando o regresso à atividade, o ano passado, não terem sido registados quaisquer surtos relacionados com o “surfing” e, mais especificamente, com o trabalho das escolas, o documento conclui:

    “Estamos absolutamente conscientes da importância do confinamento para a redução dos contágios e controlo da propagação do vírus, comprovada pelo contexto mais animador em que nos encontramos ao dia de hoje. Desejamos que seja tida em consideração a importância da nossa atividade para a segurança nas praias, bem como para a saúde mental e bem-estar da população, permitindo uma retoma faseada assim que o Governo considere seguro dar início ao igualmente necessário desconfinamento.”

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • FPS
  • Federação Portuguesa de Surf
  • AESDP
  • Associação de Escolas de Surf de Portugal
  • Portugal
  • Escolas de Surf
  • Ensino
  • Ensino do surf
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
maio 23
Está a chegar o Boogie Chicks'22 e com recorde mundial na mira
maio 23
Santa Cruz Kids 2022 fechou o Circuito Regional de Surf do Centro
maio 23
Ação de limpeza recolhe mais de 330 quilos de lixo na Praia da Vieira
maio 23
Cientistas de universidades portuguesas descobrem cinco novas espécies de animais marinhos
maio 23
Estudo diz que os golfinhos esfregam-se nos corais para cuidar da pele
maio 23
Circuito Nacional de SUP Race 2022 a caminho de Peniche
maio 23
Teresa Padrela segue para a ronda 3 em Antofagasta