Homepage

  • AML vai instalar 18 estações meteorológicas para medir impacto das alterações climáticas
    04 fevereiro 2021
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Cada um dos 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa terá a sua própria estação meteorológica.
  • A Área Metropolitana de Lisboa (AML) anunciou que vai proceder à instalação, até ao verão, de 18 estações para monitorizar a meteorologia nos seus 18 municípios.

    Uma iniciativa que faz parte do projecto CLIMA.AML, que permitirá medir os impactos, reduzir as vulnerabilidades e adaptar a Área Metropolitana de Lisboa às alterações climáticas.

    Segundo a AML, a implementação do projeto CLIMA.AML está a decorrer desde janeiro deste ano e prolonga-se até ao final do primeiro semestre de 2023, sendo que as estações de monitorização têm de estar a funcionar nos municípios dentro de seis a sete meses.

    Esta rede da AML vai funcionar em complementaridade com a rede do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

    O IPMA deverá identificar até ao final de fevereiro os locais exatos onde serão localizadas as estações em cada um dos 18 municípios. Além das estações, serão também instalados nove micro-sensores de medição urbana e será criada uma plataforma 'online' “que analisará todos os dados e informações essenciais de suporte à monitorização e avaliação dos dados meteorológicos”, realçou a AML.

    Ainda segundo a mesma fonte, o projeto CLIMA.AML dá sequência ao Plano Metropolitano de Adaptação às Alterações Climáticas, apresentado publicamente em dezembro de 2019, e “permitirá acumular um vasto conhecimento” com a recolha e disponibilização de dados meteorológicos à escala local.

    Este é um projeto que também permitirá a recolha de dados quanto “à evolução dos impactos e eventos resultantes das alterações climáticas, os quais, progressivamente, se têm vindo a registar com maior intensidade nesta região metropolitana”, acrescentou.

    O CLIMA.AML prevê ainda o desenvolvimento de ações de comunicação e de sensibilização para as alterações climáticas junto da comunidade educativa.

    Fazem parte da AML os municípios de Almada, Alcochete, Amadora, Barreiro, Cascais, Lisboa, Loures, Oeiras, Odivelas, Palmela, Mafra, Moita, Montijo, Seixal, Sintra, Sesimbra, Setúbal e Vila Franca de Xira.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Portugal
  • Alterações climáticas
  • Área Metropolitana de Lisboa
  • Estação Metereológica
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
julho 23
Quatros surfistas foram porta-estandarte na Cerimónia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio'2020
julho 26
Como podemos ver o dia das finais olímpicas do surf em Tóquio'2020?
julho 24
Seis seleções nacionais vão a jogo em Tóquio'2020 com o máximo de surfistas possíveis
julho 26
Já diplomada, Yolanda Hopkins quer mais de Tóquio'2020: 'Aqui não há limites, não é?'
julho 26
Arrancou o dia decisivo da prova olímpica de surf!
julho 26
A inacreditável montanha-russa de emoções da Costa Rica na prova olímpica de surf
julho 26
Projeto 'Surf & Rescue' visitou pela primeira vez a Madeira