Homepage

  • Quem é Lungi Slabb? O prodígio aborígene eleito por Steph Gilmore
    28 janeiro 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Jovem aborígene é um dos "protegidos" de Mick Fanning e Joel Parkinson no Superbank.
  • Por estes dias, com o efeito devastador da pandemia, os campeonatos de surf são uma miragem. E com grande parte dos surfistas, um pouco por todo o Mundo, impedidos de ir à água, os conteúdos ficam ainda mais escassos. Dessa forma, é natural que aqui e ali surjam votações, concursos digitais e toda uma panóplia de coisas que tentam ao máximo fazer-nos esquecer – de forma praticamente inútil, na realidade… - que já vivemos dias melhores.

    Foi por estes dias, a Stab Magazine decidiu fazer a sua votação para o surfista do ano de 2020. Um ano quase sem campeonatos, onde os canais de Youtube dos surfistas foram obrigados a esforços extra. 50 personalidades, entre eles muitos surfistas da elite, do surf Mundial votaram nos seus cinco surfistas masculinos e cinco surfistas femininas favoritos. E também num júnior. No fim a revista australiana fará a contagem.

    Entre os votos para juniores é perfeitamente natural surgirem alguns nomes ainda meio desconhecidos, que ainda começam agora a despontar. Até porque há muita gente “alternativa” a votar no amigo e na amiga. Contudo, um voto dos que foi feitos pela inquestionável Stephanie Gilmore levantou algumas dúvidas. Lungi Slabb foi o quinto da lista de melhores surfistas masculinos de 2020 para a sete vezes campeã mundial.

    Mas quem é Lungi Slabb? Foi a pergunta que nos ocorreu, admitindo nunca ter ouvido falar de tal nome. Uma personagem fictícia? Será mesmo talentoso? Sim, confirma-se que é muito talentoso, apesar da juventude. Com apenas 16 anos, Slabb começa agora a dar nas vistas pelo Gold Coast australiana, mesmo que no currículo não tenha qualquer participação em campeonatos mais internacionais, quer no WQS ou no Pro Júnior da WSL.

    Slabb caiu, assim, nas boas graças de Gilmore, mas escreve quem o conhece que também é acompanhado de perto por Mick Fanning e Joel Parkinson, admiradores do seu talento, depois de se terem cruzado com o petiz em tantas e tantas sessões no Superbank. Mas o jovem surfista aussie, natural de Fingal Head, em Nova Gales do Sul, tem mais uma particularidade: é aborígene. E como aborígene que é, pretende ser um exemplo para todos os jovens aborígenes, mostrando que pode chegar bem longe.

    Apesar da juventude, Lungi demonstra já ter uma grande cultura de surf, pois numa entrevista concedida em meados do ano passado, ao portal Monsterchildren, admitiu que tem Dane Reynolds e Craig Anderson como dois dos seus ídolos, explicando assim a sua maior vocação pelo free surf, em detrimento da competição – algo raro em miúdos da sua idade. Contudo, diz que o surfista onde foi buscar maior inspiração foi o maestro da twin fin Asher Pacey – de falta de originalidade ninguém o pode acusar!

    A conversa rolou e mais à frente, Micah Julung – Lung é o diminutivo pelo qual é conhecido – frisou que um dos aspetos que mais aprecia no surf de Dane é o facto de parecer ser um tipo diferente dos pros do WCT, mas quando chamado à competição conseguir ser tão bom como eles. Foi aí que o jornalista o confrontou com o facto de Dane já ter saído do tour há cerca de 8 anos… quando o jovem australiano tinha 8 anos. Mas a explicação foi simples: “Foi o meu irmão que me mostrou quem ele era. E desde aí que fiquei vidrado nele. Ele ainda entrou em algumas etapas como wildcard e lembro-me de o ver muitas vezes a competir”. Portanto, um estudioso do fenómeno, também.

    E queram mais provas que este rapaz é bem especial? Questionado sobre qual o filme que costuma ver e que o deixa com mais pica antes de uma sessão de surf, Slabb aponta os vídeos da Momentum Generation como a grande fonte de inspiração e “pica” para ir para dentro de água destruir as ondas. Sempre com estilo. Sobre o futuro deixa uma garantia, e não envolve títulos mundiais. Quer viajar e partilhar o seu surf e cultura pelo Mundo. Sobretudo visitar ondas em locais como Tahiti ou América do Sul. Está apresentado. Decorem o nome, porque parece que está aqui um freesurfer que ainda vai dar muito que falar!

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • lungi slabb
  • Stephanie Gilmore
  • Aborígene
  • Gold Coast
  • Austrália
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
abril 09
Liga MEO Surf: 5 curiosidades sobre Ribeira d’Ilhas   
abril 09
Vasco Ribeiro e Carina Duarte destacam-se no dia inaugural em Ribeira d'Ilhas
abril 10
Liga MEO Surf: Definidos os finalistas do Allianz Ericeira Pro
abril 11
Liga MEO Surf: Afonso Antunes e Carolina Mendes repetem vitória na Ericeira
abril 09
Academy of Surfing Instructors Portugal promove curso de Treinadores de Surfing Grau 1
abril 09
BV2 e Volume II, os mais recentes modelos em Twin Tech EPS da Chilli Surfboards
abril 09
FPS vai realizar formação de Resgate e Sobrevivência com Moto de Água