Homepage

  • Onda Social ajuda crianças em risco social através do surf
    04 janeiro 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Divulgação
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A integração da natureza, do mar, e em particular do surf, em iniciativas de cariz terapêutico, é hoje reconhecida como um veículo de eficiência e eficácia.
  • A escola de surf ‘Onda Pura’, a Câmara Municipal de Matosinhos e a Goldenergy, comercializador de eletricidade 100% verde, têm em curso um projeto social que tem como principal objetivo combater e prevenir os impactos negativos, presentes e futuros, pessoais e sociais, gerados pela exposição de crianças a situações de risco social, nomeadamente crianças vítimas de maus tratos, através de um programa terapêutico inovador, integrado e veiculado na prática do surf.

    A iniciativa destina-se a crianças em situação de fragilidade, absentismo, insucesso escolar e desintegração social, com idades compreendidas entre os 7 e os 12 anos, residentes nos principais agrupamentos de habitação social do município de Matosinhos, assim como aquelas que residem nos principais lares de acolhimento da cidade.

    A Câmara Municipal de Matosinhos apoia a iniciativa como investidor social e como entidade sinalizadora das crianças em risco que irão integrar o projeto. De acordo com a presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, “tendo em vista que um dos eixos fundamentais da ação Municipal se centra na intervenção social junto das pessoas em situação de fragilidade ou em que o seu bem-estar e sucesso escolar estão comprometidos, o Município de Matosinhos assume com esta parceria a sua aposta na implementação de estratégias, projetos e ações que visam qualificar o quotidiano dos munícipes, neste caso nas crianças e dos jovens, investindo na modalidade de parceria com as entidades da sociedade civil, rentabilizando eficazmente as potencialidades e os recursos locais, na perspetiva de que o ‘trabalho em rede’ permite multiplicar a eficácia de todos os intervenientes”.

    A Goldenergy apoia o projeto ‘Onda Social’ como co-financiador e investidor social. “A Goldenergy tem no seu ADN a responsabilidade social, pelo que quer ser uma força interventiva a este nível. Como a empresa dá um forte apoio a um desporto saudável e amigo do ambiente como é o surf, nada melhor que apoiarmos financeiramente e com algum material necessário, um projeto de apoio a crianças em risco social, em que o surf é uma peça chave, servindo de terapia para combater e prevenir os impactos negativos gerados pela exposição de crianças a situações de risco social, como por exemplo os maus tratos”, explica Miguel Checa, CEO da Goldenergy.

    A integração da natureza, do mar, e em particular do surf, em iniciativas de cariz terapêutico, é hoje reconhecida como um veículo de eficiência e eficácia. Decorrem várias iniciativas por todo o globo, inclusive em Portugal, que se apoiam na abordagem hoje designada por Ocean Therapy, ou Terapia Oceânica.

    O programa denominado ‘Onda Social’ pressupõe a intervenção técnica e terapêutica de profissionais experientes, prevendo integrar elementos com formação em motricidade humana, acompanhados de profissionais formados em Psicologia.

    Marcelo Martins, diretor executivo da escola de surf ‘Onda Pura’, revela que “o projeto “Onda Social” pretende ajudar cerca de 400 crianças do concelho de Matosinhos, nos próximos três anos. Ao longo de um ciclo terapêutico de seis meses, as crianças participarão em sessões semanais de duas horas e meia, onde serão integradas técnicas comprovadas de intervenção terapêutica com a experiência inesquecível da prática do surf. As sessões decorrem tanto em terra como no mar, sendo o sentido de pertença gerado pela integração dos recursos naturais da cidade de Matosinhos uma das grandes mais-valias deste programa”.

    Portugal regista mais de 70 mil crianças em processo de acompanhamento social

    Classificam-se situações de risco, aquelas que expõem crianças a uma série de atitudes e comportamentos violentos, de carácter passivo (negligência) ou ativo (abuso físico ou verbal). Estudos demonstram que a exposição a estes comportamentos prejudica o desenvolvimento psicológico das crianças, tornando-as suscetíveis, por exemplo, a sintomas de depressão, ansiedade e isolamento.

    De acordo com o mais recente relatório de atividade da Comissão de Proteção a Crianças e Jovens (CPCJ), existem em Portugal mais de 71.000 crianças em processos de acompanhamento. Entre as principais categorias de perigo diagnosticadas encontram-se a negligência, a violação do direito à educação e a exposição à violência doméstica.

    Focando a análise no município de Matosinhos verifica-se que a unidade local da CPCJ é a que mais processos movimenta na Região Norte, com a particularidade de apresentar um dos maiores volumes processuais per capita no norte do país. Em 2016, a CPCJ de Matosinhos recebeu mais de 280 sinalizações relacionadas com exposição à violência em particular, o que representou cerca de 35% do total das sinalizações.

    A iniciativa ‘Onda Social’ inclui vários mecanismos que permitirão aos participantes dar continuidade à vertente desportiva do programa, como por exemplo uma bolsa de sucesso desportivo. O objetivo é que, após terminar o ciclo de intervenção, algumas crianças possam integrar os programas de treinos da equipa de pré-competição da ‘Onda Pura’, dando continuidade à vertente desportiva desta iniciativa, livre de custos. Para todos os restantes participantes serão oferecidas condições especiais de adesão a estes mesmos programas de treino.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Surf
  • Matosinhos
  • Onda Social
  • Fotografia
    Divulgação
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
outubro 20
Tomás Lacerda é o primeiro campeão nacional de SUP Downwind
outubro 21
Tomás Lacerda e um 2021 avassalador: cinco títulos nacionais de SUP conquistados
outubro 21
Ribeira d'Ilhas a postos para a finalíssima do Nacional de Surf Esperanças Sub-18 de 2021
outubro 21
Frontón King: Joel Rodrigues segue para a ronda 4 da categoria Júnior
outubro 21
New Traveler, a nova step-up da Rusty Surfboards já está no mercado português
outubro 21
Onde podemos ver o Gran Canaria Frontón King de 2021?
outubro 20
Sete raias mantidas em cativeiro foram devolvidas ao mar das Berlengas