Homepage

  • John John e Carissa conquistam a Triple Crown havaiana!
    27 janeiro 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • John John fez hattrick, ao vencer a competição nas três ondas a concurso!
  • Foram revelados durante a última madrugada os grandes vencedores da primeira edição da Triple Crown havaiana digital. E foi sem grande surpresa que John John Florence e Carissa Moore conquistaram as divisões masculinas e femininas, respetivamente. Os dois melhores surfistas havaianos da atualidade, e talvez do Mundo, dominaram a competição disputada através de vídeos e votação online.

    John John teve mesmo um domínio absoluto e conquistou a competição nos três picos em prova: Haleiwa, Sunset e Pipeline/Backdoor. Já Carissa foi a melhor em Haleiwa, ficando em terceiro em Sunset (Bronte Macaulay venceu nesta onda) e em segundo em Pipeline (a vencedora foi a havaiana Moana Jones).

    Na classificação geral, Florence deixou Griffin Colapinto no 2.º posto, com Jack Robinson a fechar o pódio. Destaque ainda para o 4.º posto de Billy Kemper e o 5.º de Ethan Ewing. Já do lado feminino, Tatiana Weston-Webb terminou como vice-campeã, enquanto Malia Manuel foi terceira. Bronte Macaulay e Brisa Hennessy terminaram no quarto e quinto posto, respetivamente. Destaque para o facto de a pontuação total de Carissa ser a terceira melhor de toda a competição, superada apenas pelo registo de John John e Griffin Colapinto.

    Classificação geral masculina:

    1 John John Florence 164,5 (máximo 180 pontos)

    2 Griffin Colapinto 148,9

    3 Jack Robinson 128,4

    4 Billy Kemper 127,1

    5 Ethan Ewing 122,6

    Classificação geral feminina:

    1 Carissa Moore 134,5

    2 Tatiana Weston-Webb 119,1

    3 Malia Manuel 118,5

    4 Bronte Macaulay 105

    5 Brisa Hennessy 97,9

    Depois de um arranque fulgurante, com duas ondas quase perfeitas em Haleiwa, John John deixou praticamente toda a gente em combinação. Mas na reta final, Ethan Ewing ainda logrou ser o único surfista a sair de combinação, terminando no 2.º posto em Haleiwa. A sua onda que deu que falar acabou por ter 29 pontos, num máximo de 30, ficando ainda assim 0,4 pontos abaixo da incrível onda de John John, que foi a mais pontuada em toda a competição. John John somou um total de 56,6 pontos, contra 54 de Ewing.

    Já em relação à prova feminina em Haleiwa, Carissa Moore conseguiu duas ondas idênticas, com 27 e 27,1 pontos, somando um total de 54,1 pontos. Tal como na classificação geral, aqui também foi Tatiana Weston Webb a ficar no segundo posto, com 48 pontos. Para baixo, todas as competidoras ficaram em combinação.

    Classificação masculina Haleiwa:

    1 John John Florence 56,6 pontos (máximo de 60)

    2 Ethan Ewing 54

    3 Griffin Colapinto 48,7

    4 Billy Kemper 48,6

    5 Jack Robinson 46,9

    Classificação feminina Haleiwa:

    1 Carissa Moore 54,1

    2 Tatiana Weston-Webb 48

    3 Malia Manuel 47,1

    4 Brisa Hennessy 40,6

    5 Bronte Macaulay 38,1

    No que diz respeito a Sunset, as pontuações ficaram por definir até ao dia final. Aqui, John John somou 55,7 pontos, fruto de uma onda de 28,7 pontos e outra de 27. O suficiente para deixar toda a oposição em combinação. Griffin Colapinto foi quem se aproximou mais, com 49,9 pontos. Do lado feminino Bronte Macaulay arrasou, com um score total de 49,1, deixando Malia Manuel a 0,4 pontos de distância. Mais longe ficou Carissa, com 39,4 pontos.

    Classificação masculina Sunset:

    1 John John Florence 55,7

    2 Griffin Colapinto 49,9

    3 Jack Robinson 45,5

    4 Ethan Ewing 42,4

    5 Billy Kemper 42

    Classificação feminina Sunset:

    1 Bronte Macaulay 49,1

    2 Malia Manuel 48,7

    3 Carissa Moore 39,4

    4 Tatiana Weston-Webb 39

    5 Brisa Hennessy 38

    Por fim, em Pipeline, reinaram os surfistas locais. Aqui foi onde John John teve o menor total, com 52,2 pontos e a melhor onda a ser de 26,3. E se John John venceu nas três ondas, Griffin Colapinto repetiu em Pipe o vice-título de Sunset. O norte-americano fez mesmo a melhor onda em Pipe, com 27,7 pontos - curiosamente, para Backdoor. O irmão de John John, Nathan, fechou o pódio em Pipeline e, depois dele, todos os surfistas ficaram em combinação. Do lado feminina Carissa Moore foi batida pela localíssima Moana Jones, que somou 43,6 pontos.

    Classificação masculina Pipeline:

    1 John John Florence 52,2

    2 Griffin Colapinto 50,3

    3 Nathan Florence 40,2

    4 Torrey Meister 36,7

    5 Billy Kemper 36,5

    Classificação feminina Pipeline:

    1 Moana Jones 43,6

    2 Carissa Moore 41

    3 Zoe McDougall 32,7

    4 Tatiana Weston-Webb 32,1

    5 Coco Ho 30,8

    No total desta edição inaugural da Triple Crown havaiana em formato digital houve um total de 14 participações masculinas e 12 femininas. No fim das contas, John John e Carissa exerceram o seu favoritismo para conquistar um dos mais prestigiados troféus do surf mundial. Esta diferente versão nasceu depois de a pandemia ter cancelado grande parte das provas havaianas. Todos os vídeos estão disponíveis em https://www.vanstriplecrownofsurfing.com/.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Hawaiian Triple Crown
  • Havai
  • John John Florece
  • Carissa Moore
  • Sunset Beach
  • Haleiwa
  • Pipeline
  • Backdoor
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
março 04
Criados dispositivos que geram energia elétrica a partir das ondas
março 04
Previsão de chuva deixa 6 distritos sob aviso amarelo
março 03
Chuva regressa esta quinta-feira: 3 distritos sob aviso amarelo
março 04
Wave by Wave de Zé Ferreira em organização mundial de Surf Terapia
março 04
FPS e AESDP pedem regresso à atividade do ensino do surfing
março 04
Surfista em dificuldades auxiliada no Guincho
março 04
Forte sismo sentido na Nova Zelândia: aviso de tsunami já foi levantado