Homepage

  • Depressão Filomena vai afetar o Algarve e Madeira
    06 janeiro 2021
    arrow
    arrow
  • Em todo o território continental, permanece o aviso amarelo devido ao tempo frio.
  • Através de um comunicado oficial, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), fez saber que o sul de Portugal Continental e o arquipélago da Madeira vão sentir os efeitos da depressão Filomena a partir de hoje e até sexta-feira, dia 8 de janeiro.

    Os efeitos serão manifestados através de vento forte, chuva e agitação marítima. Segundo o IPMA, no Algarve está previsto um aumento da intensidade do vento sendo por vezes forte (até 45 quilómetros por hora) de nordeste, em especial na serra de Monchique e junto ao litoral, onde as rajadas poderão atingir 60/70 quilómetros por hora.

    Está também prevista a ocorrência de precipitação na região Sul, estendendo-se às regiões Norte e Centro apenas no sábado, com possibilidade de queda de neve acima de 700/900 metros.

    A previsão aponta ainda para um aumento da agitação marítima na costa sul do Algarve entre a tarde desta quarta-feira e a manhã de quinta-feira, com ondas de sueste até 2,5 metros.

    Na Madeira, os efeitos da depressão serão sentidos pelo aumento da intensidade do vento a partir da tarde de hoje, prolongando-se até ao final da manhã de sexta-feira, com rajadas até 75 quilómetros por hora, sendo até 110 quilómetros por hora nas terras altas e nos extremos leste e oeste da ilha da Madeira.

    "Associado a esta depressão, prevê-se um aumento da agitação marítima na costa norte e em Porto Santo, com ondas de noroeste e altura significativa de 4 a 5 metros, passando a ondas de nordeste com 5 a 6 metros na sexta-feira”, adianta o IPMA.

    Por causa da depressão Filomena, estão também previstos períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes, e acompanhados de trovoada. Na sexta-feira, há também a possibilidade de queda de neve nos pontos mais altos da ilha da Madeira até final da manhã.

    Na sequência desta situação meteorológica, o IPMA emitiu aviso laranja para as regiões montanhosas da ilha da Madeira entre as 18h00 de quarta-feira e as 12h00 de quinta-feira por causa do vento forte de norte/nordeste, com rajadas até 120 quilómetros por hora.

    A costa norte da ilha da Madeira e o Porto Santo também estão sob aviso laranja por causa da agitação marítima, prevendo-se ondas de nordeste com 5 a 6 metros, podendo atingir 10 metros de altura máxima entre as 21h00 de quinta-feira e as 06h00 de sexta-feira.

    O IPMA colocou esta quarta-feira o arquipélago da Madeira sob aviso amarelo por causa da previsão de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada a partir desta quarta-feira e até às 06h00 de sexta-feira.

    Importa ainda relembrar que no continente, todos os distritos estão sob aviso amarelo devido ao tempo frio até às 09h00 de quinta-feira. O distrito de Faro está ainda (entre as 15h00 de quarta-feira e as 09h00 de quinta-feira) sob aviso amarelo por causa da agitação marítima.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Portugal
  • IPMA
  • meteorologia
  • Temperatura
  • Aviso Amarelo
  • Aviso Laranja
  • chuva
  • Vento
  • Vento forte
  • Agitação marítima
  • madeira
  • Açores
  • Portugal Continental
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
outubro 15
Nasceu a Matosinhos Surf School Cup: a nova competição para as escolas de surf do concelho
outubro 15
Faleceu Tom Morey, o Pai do Bodyboard
outubro 15
Recolhidos 10 kg de lixo marinho na Praia do Samouco (Galeria Fotos)
outubro 15
Reserva Mundial de Surf da Ericeira comemorou 10º aniversário
outubro 15
'EDP Surf for Tomorrow' - A viagem às Maldivas
outubro 15
Nuno Vitorino recebe prémio do Comité Paralímpico de Portugal
outubro 15
Fim de semana chega com tempo mais cinzento e regresso da chuva nas regiões Norte e Centro