Homepage

  • Portugueses estão mais preocupados com questões ambientais
    16 dezembro 2020
    arrow
    arrow
  • De forma espontânea, os portugueses identificam três grandes problemas ambientais: poluição, proteção marinha e aquecimento global.
  • Entre os dias 6 e 17 de novembro a Marktest em colaboração com a Sociedade Ponto Verde realizou um inquérito.

    Inquérito esse no qual foram feitas 1004 entrevistas a residentes em Portugal Continental com idades compreendidas entre os 15 e os 64 anos.

    Um dos resultados do inquérito realizado é que os portugueses estão hoje em dia mais preocupados com o ambiente do que há 10 anos atrás. Desde logo, o trabalho realizado indica que nove em cada 10 inquiridos reciclam embalagens.

    O relatório 'Radar da Reciclagem' mostra que este é o comportamento mais comum dos cidadãos em prol do ambiente, seguindo-se a redução do consumo de plástico, uma prática referida por 25% dos inquiridos da geração nascida entre 1999 e 2005 e por apenas 8% da geração de 1955 a 1962.

    Os principais motivos que levam os portugueses a separar embalagens são a "forte consciência ambiental" (79,1%), o civismo (72,2%) e o reaproveitamento dos resíduos em novos produtos (54,4%).

    Além da falta de hábito, indicada por 48% dos que não recicla, a principal razão apontada foi não terem ecoponto perto de casa (42,8%).

    A falta de espaço e não acreditarem que os resíduos são efetivamente reciclados são também dois dos fatores mais referidos (27% e 26,3% respetivamente).

    Quando questionados sobre o que pode ser feito para que os portugueses reciclem mais, 67,2% referiu incentivos aos cidadãos por fazerem separação de resíduos, enquanto e 59,8% apontou melhorias nos equipamentos de separação no exterior/pontos de recolha.

    "Apenas 37,2% acredita que a solução são penalizações para os cidadãos que não fazem separação de resíduos", refere o documento.

    "Num registo totalmente espontâneo, os portugueses identificaram três grandes problemas ambientais que os preocupam: poluição, proteção marinha e aquecimento global", segundo os autores do estudo.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Portugal
  • Sociedade Ponto Verde
  • Natureza
  • Meio Ambiente
  • Ecoponto
  • Reciclagem
  • Ambiente
  • Sustentabilidade
  • Relatório
  • Inquérito
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
agosto 12
Banhos voltam a ser autorizados na Praia da Batata em Lagos
agosto 10
Buondi anuncia os vencedores das 7 cadeiras anfíbias Turtle
agosto 10
Dois animais marinhos devolvidos ao habitat natural ao largo de Aveiro
agosto 10
Água da Praia de Vila Praia de Âncora está imprópria para banhos
agosto 11
Estão proibidos os banhos na Praia da Batata em Lagos
agosto 11
Inscrições abertas para as últimas turmas do ano do curso de Treinadores de Surfing Grau I da ASI Portugal
julho 27
Inscrições abertas para a 1ª etapa do Circuito Regional de Bodyboard Open da Madeira 2022