Homepage

  • Primeira noite de inverno vai ser iluminada pelo maior alinhamento entre Júpiter e Saturno em 400 anos
    21 dezembro 2020
    arrow
    arrow
  • A cada 20 anos, os planetas de Júpiter e Saturno alinham-se, mas esta será a maior aproximação nos últimos 400 anos.
  • Esta segunda-feira, dia 21 de dezembro de 2020, para além de assinalar-se o início do inverno no hemisfério norte, será também marcada por um raro fenómeno astronómico.

    Falamos do maior alinhamento entre os dois maiores planetas do sistema solar, Júpiter e Saturno, nos últimos 400 anos. É a chamada 'Grande Conjunção', isto apesar das posições de Júpiter e Saturno alinharem-se no céu a cada 20 anos. Porém, desta vez os dois planetas vão estar muito próximos.

    Segundo o Observatório Astronómico de Lisboa, "desde há alguns meses que os dois planetas se vêm a aproximar no céu", pelo que neste dia 21 de dezembro vão atingir o seu maior ponto de aproximação, "aparecerão tão próximos um do outro que se estendermos o braço, a largura do dedo mindinho cobrirá facilmente os dois planetas no céu". 

    Esta aproximação fará com que os dois planetas formem um ponto, parecendo um só. Depois, Júpiter e Saturno vão-se afastar "muito lentamente".

    Dada a iluminação que este fenómeno poderá provocar no céu noturno e uma vez que, por coincidência, ocorre em pleno período do Natal, falou-se nos últimos dias na recriação da Estrela de Belém que, segundo a Bíblia, guiou os três reis magos até ao local onde Jesus Cristo nasceu.

    No entanto, Pedro Garcia, técnico do Observatório Astronómico de Santana (Açores), explicou à agência noticiosa Lusa que as coisas não serão bem assim

    O astrónomo e matemático Johannes Kepler, no século XVII, “sugeriu que o que está descrito da Estrela de Belém tenha sido uma conjunção, mas não me parece que seja nada disso, até porque o efeito não será semelhante à descrição da Estrela de Belém”, desmistifica.

    Nesta noite de 21 de dezembro, se a meteorologia ajudar e o céu estiver limpo, poderemos observar o fenómeno a olho nu, mas também com recurso a telescópios ou binóculos. 

    De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa, a 'Grande Conjunção' ocorrerá pelas 18h37, hora de Portugal Continental, menos uma hora nos Açores, sendo que os dois planetas vão estar durante 2h20 acima do horizonte após o pôr do sol.

    A mesma entidade explica que os "dois planetas serão visíveis muito brilhantes e encontram-se no lado sudoeste perto do horizonte".

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Portugal
  • Observatório Astronómico de Lisboa
  • Sistema Solar
  • Júpiter
  • Saturno
  • Astronomia
  • Observação
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
julho 06
Governo garante que não vai faltar água para consumo humano nos próximos dois anos
julho 03
Martim Nunes e Erica Máximo são os novos campeões nacionais Sub-20
julho 05
Projeto TransforMAR vai fazer têxteis e arte com o plástico recolhido nas praias portuguesas
julho 05
'Maré Alta Maré Baixa - Teatro de Sombras', o evento que vai dar um colorido especial à noite da Praia da Areia Branca
julho 05
Circuito de Surf da Ericeira 2022 arranca no fim de semana para os mais novos
julho 05
'É quase anti-desportivo e desrespeitador', assim define Tiago Pires o cut que houve no CT 2022
julho 05
Portugal quer atacar o pódio no Eurosurf Júnior de Santa Cruz