Homepage

  • Big rider preso e sem patrocínio após acidente que vitimou uma pessoa
    23 dezembro 2020
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A Rusty, marca que patrocinava o surfista há 10 anos, anunciou que terminou o contrato que os ligava devido a estes incidentes.
  • Felipe Cesarano, conhecido no meio do surf como “Gordo”, destacou-se ao longo dos últimos anos como um dos big riders mais assíduos na arena da Praia do Norte, na Nazaré. No entanto, durante esta semana, o nome do big rider brasileiro foi notícia pelos piores motivos. Segundo a imprensa brasileira, Cesarano esteve envolvido num acidente rodoviário que vitimou uma pessoa.

    Agora, o big rider encontra-se em apuros com a justiça brasileira, que o quer acusar de homicídio involuntário, que pela lei brasileira tem o nome de homicídio culposo. Isto porque o surfista estaria a conduzir embriagado. O acidente aconteceu na semana passada no Rio de Janeiro.

    O carro onde seguia terá entrado em contra-mão, embatendo depois noutro carro. Do acidente resultado uma vítima mortal e um ferido ligeiro. Algo que fez com que “Gordo” fosse logo preso para inquérito após o acidente. Segundo a polícia, além de estar visivelmente embriagado, o surfista ainda teve um comportamento “confuso” durante as perícias.

    Agora, uma semana depois do acidente, a Rusty, marca que patrocinava o surfista há 10 anos, anunciou que terminou o contrato que os ligava devido a estes incidentes. Em reunião realizada, foi decidido que devido aos acontecimentos recentes, a Rusty está encerrando o contrato de patrocínio com Felipe Cesarano”, escreveu a marca nas redes sociais.

    Felipe Cesarano encontra-se atualmente em liberdade condicional, tendo de cumprir algumas medidas obrigatórias. O big rider brasileiro vai ter de responder em tribunal por homicídio involuntário e até lá está proibido de conduzir, frequentar bares e casa noturnas ou locais onde sejam vendidas bebidas alcoólicas.

    “Gordo” tem ainda de cumprir aparições mensais perante a justiça e está proibido de se ausentar por mais de 10 dias do local onde reside. Caso não cumpra estas regras pode ser preso preventivamente. Dias nada fáceis para um dos big riders mais ligados ao despertar do Canhão da Nazaré.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Felipe Cesarano
  • nazaré
  • Brasil
  • praia do norte
  • big rider
  • acidente
  • Rusty
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
novembro 26
Já há nova data para a etapa inaugural do circuito Billabong Ericeira 2021 para as categorias Open, Masters e Feminino
novembro 26
Ítalo quer competir até aos 38 anos: 'Vou durar bastante tempo'
novembro 26
Último fim de semana de novembro vai ter um pouco de tudo: frio, sol, nuvens, vento e aguaceiros
novembro 25
Desde o início do século XX que o Oceano Ártico está a aquecer
novembro 25
Adiada etapa inaugural do circuito Billabong Ericeira 2021 para as categorias Open, Masters e Feminino
novembro 24
O Maracaña do Surf voltou a rugir! Houve festival em Saquarema
novembro 24
Avenida Marginal vai ter túnel junto à Praia de Santo Amaro de Oeiras