Homepage

  • Jovem estrela australiana garante que a pandemia a afetou “de forma positiva”
    23 novembro 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Na Austrália há já quem a compare a grandes campeãs como Stephanie Gilmore e Layne Beachley.
  • Molly Picklum era um dos nomes em grande destaque da nova geração australiana, antes de a pandemia irromper pelo Mundo e parar as provas de surf. Depois de um promissor arranque de temporada em 2020, a jovem australiana ocupava o top 10 do ranking do WQS, preparando-se para assaltar uma vaga na elite mundial. Mas tudo mudou com a chegada do vírus. Contudo, Picklum não vê nisso algo negativo, admitindo recentemente que a pandemia lhe foi benéfica em termos pessoais e de carreira.

    “Tive, realmente, perceção de como isto afetou as pessoas negativamente, mas, para mim, o timing em que tudo aconteceu foi positivo”, começou por dizer a jovem surfista de apenas 17 anos. “Isto afetou-me de uma forma positiva porque tive tempo de treinar e preparar-me para o futuro”, frisou.

    Na Austrália há já quem a compare a grandes campeãs como Stephanie Gilmore e Layne Beachley, ambas com sete títulos mundiais no currículo. Contudo, Molly sabe que tem um longo caminho pela frente, rejeitando essas comparações. “Tenho expectativas elevadas, mas não coloco muita pressão sobre mim, porque sou eu contra mim mesma e estou no meu próprio caminho. Essa é a maneira mais fácil de ser, porque o surf é uma atividade muito divertida”, explicou Picklum.

    A jovem australiana já está a comprovar nas ondas australianas que a paragem lhe fez mesmo bem, pois foi a vencedora este fim-de-semana do Kiama Open, uma das primeiras provas disputadas pelos surfistas australianos, depois de já ter sido segunda na etapa anterior, em Port Macquire.

    Quando a ação regressar no WQS, Picklum vai partir do 6.º posto do ranking, beneficiando do duplo 5.º posto que tinha conseguido nas duas grandes provas da perna australiana do WQS que ainda se realizaram antes de a pandemia colocar um ponto final na temporada. Além de atacar a entrada no WWT, a jovem garante que tem ainda o objetivo de ir um dia aos Jogos Olímpicos, embora em Tóquio isso já não seja possível, pois as vagas australianas já estão preenchidas.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Molly Picklum
  • Austrália
  • Pandemia
  • wqs
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
junho 21
O verão já chegou, mas o calor só regressa quarta-feira: temperatura vai subir 10ºC
junho 21
Deslizamento de carga de navio mercante encerrou barra da Figueira da Foz toda a manhã
junho 19
Viva o Dia Internacional do Surf!
junho 18
Praia para cães chega a Vila Nova de Milfontes
junho 18
Mau tempo coloca 13 distritos sob aviso amarelo
junho 18
Vigilância regressa este sábado à Praia do Osso da Baleia
junho 18
Portugal tem 42 praias interiores com Bandeira Azul, apenas a França tem mais