Homepage

  • Orlando Pereira dropa onda de 11 metros na Madeira
    06 novembro 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Diário de Notícias da Madeira
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Apesar de o lineup estar cada vez mais concorrido, a verdade é que foi um dos locais mais antigos do Jardim do Mar e apanhar a rainha do dia.
  • Orlando Pereira é um dos surfistas mais experientes do surf madeirense e é difícil não encontrá-lo na água sempre que as ondas estão aliciantes. Foi isso que aconteceu durante a última semana, com a chegada do swell do Epsilon à pérola do Atlântico. Orlando foi um dos muitos surfistas que estiveram a surfar no Jardim do Mar, tendo dropado uma onda com 11 metros.

    A notícia é dada pelo Diário de Notícias da Madeira, que cita o oceanógrafo Doulgas Nemes, especialista em medição de ondas. Através da foto em que se vê Orlanda a dropar a bomba do dia, foi possível fazer uma medição que atribui 11,55 metros de altura à onda. “Fiquei impressionado. Às vezes as ondas parecem-nos enormes, mas não temos perceção da altura”, frisou Orlando.

    Habituada a estas sessões de ondas grandes, a onda do Jardim do Mar foi o palco de formação dos primeiros big riders portugueses, além de ser a principal responsável por a Madeira ter a alcunha de Havai da Europa. E parece que há cada vez mais gente a querer testar-se nas direitas mais famosas da ilha.

    Além de Orlando Pereira, que surfa ali desde os 14 anos, e de muitos outros locais, também houve presença internacional na água. A presença de Grant “Twiggy” Baker, antigo campeão mundial de ondas grandes, na água já não é novidade, pois o big rider sul-africano tem feito do Jardim do Mar um campo de treino para a sua especialidade. E neste swell não foi exceção.

    “A Madeira está próxima da Europa, tem uma qualidade de ondas maravilhosa, não tem crowd, a água tem uma temperatura excelente e não é preciso usar fato desconfortável. Este ano sido uma loucura enorme. Há imensos surfistas na Madeira. Não me lembro de um ano tão concorrido em termos de procura. Com a o Havai e Bali fechados devido à pandemia e com a proibição do surf de ondas grandes na Nazaré, a tendência é a Madeira beneficiar com isso”, apontou Orlando Pereira.

    Apesar de o lineup estar cada vez mais concorrido, a verdade é que foi um dos locais mais antigos do Jardim do Mar e apanhar a rainha do dia. Orlando garante que só conseguiu apanhar três ondas na sessão e que estava com uma prancha mais pequena do que devia. “Depois de sair do mar muita gente disse-me que tinha apanhado a maior onda do dia”, afirmou.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Epsilon
  • Ilha da Madeira
  • Jardim do Mar
  • ondas grandes
  • Orlando Pereira
  • Fotografia
    Diário de Notícias da Madeira
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
setembro 24
Frontón vai coroar o novo campeão do mundo júnior de bodyboard
setembro 24
O Desporto e a Atividade Física foram a debate em nova Digital Talk do Ericeira WSR+10
setembro 24
Nunca houve tantas mulheres no circuito nacional como em 2021!
setembro 23
Guincho consagrou os campeões nacionais de kitesurf 2021 da FPKITE
setembro 23
Gary Hunt e Rhiannan Iffland mais perto de revalidaram os títulos na Red Bull Cliff Diving World Series
setembro 23
No fim de semana o tempo vai melhorar a Sul, mas ainda vai chover nas regiões Norte e Centro
setembro 23
Nova Surf Contest está de volta à Praia de Carcavelos