Homepage

  • Figueira da Foz distinguida pelo regresso das provas de surf a nível mundial
    25 novembro 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    DR ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Esta distinção à autarquia da Figueira da Foz surge numa altura em que o Circuito Mundial de Surf da World Surf League está a poucos dias do regresso.
  • Carlos Monteiro, presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, recebeu esta quarta-feira das mãos de Francisco Rodrigues, presidente da Associação Nacional de Surfistas, um troféu que distingue o município figueirense por ter sido o palco da primeira competição de surf a realizar-se a nível mundial após o surgimento da pandemia da Covid-19.

    Foi a 19 de Junho que o Allianz Figueira Pro foi para a água, tornando-se, assim, numa etapa histórica nacional e internacionalmente, porque permitiu aos surfistas portugueses retomarem as suas vidas competitivas, retorno aos patrocinadores e rendimentos por via das premiações monetárias, assim como a muitos profissionais de suporte à realização da competição e sua transmissão televisiva que regressaram às suas funções profissionais.

    O prestigiado jornalista australiano Nick Carrol indicou no seu artigo de opinião do portal coastalwatch.com no final do passado mês de Junho que “no fim de semana passado, em Portugal, uma coisa extraordinária aconteceu: eles fizeram um campeonato de surf.” Outras referências foram também feitas em diversas geografias, tanto a nível europeu como mundial.

    Esta distinção à autarquia da Figueira da Foz surge numa altura em que o Circuito Mundial de Surf da World Surf League está a poucos dias do regresso. Cerca de seis meses depois da Liga MEO Surf, o Allianz Figueira Pro e os surfistas portugueses terem servido de exemplo, os melhores do Mundo, onde se inclui o português Frederico Morais, preparam-se, agora, para fazer o mesmo ao mais alto nível.

    Francisco Rodrigues, Presidente da Associação Nacional de Surfistas

    Não podíamos deixar de assinalar o pragmatismo da Figueira da Foz em dizer ‘presente’ para o arranque da Liga MEO Surf no passado mês de junho. Numa altura de muita confusão e pouca clareza face aos riscos da realidade da Covid-19, ter aceite o desafio do regresso do Surf à competição foi uma atitude de grande apoio aos surfistas portugueses. Mais ainda, em fase prévia durante o mês de Maio, o Município da Figueira da Foz foi sempre muito prestável e cooperante. Estamos muito agradecidos por toda a ajuda em ‘fazer acontecer’ e esperamos agora que os bons ventos que ditaram a vitória de Frederico Morais no Allianz Figueira Pro possam eles ser também de feição no regresso do campeão nacional à principal competição do surf mundial que começa nos próximos dias no Hawaii.”

    Carlos Monteiro, Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz

    “A primeira prova de surf a nível mundial após confinamento decorreu na Figueira da Foz. Temos noção que o surf enquanto desporto individual poderia decorrer, desde que cumpridas as regras apresentadas pela Associação Nacional de Surfistas e por isso decidimos acolher o evento. A Liga MEO Surf é para a Figueira da Foz um evento de referência aguardado por todos e assim, contribuímos para que a competição voltasse ao panorama nacional. A organização da etapa esteve sempre no nosso horizonte e felizmente todos os envolvidos, a Autarquia, ANS e a Capitania, conseguiram conjugar esforços, para que fosse uma realidade. Esta etapa vai ficar na história do surf da Figueira da Foz pelas melhores razões. E isso é um grande motivo de orgulho”.

    Mafalda Azenha, Vereadora da Câmara Municipal da Figueira da Foz

    “A etapa, por ser a primeira mundial, teve a importância crucial de mostrar que se pode fazer desporto mesmo quando isso parece não ser possível. A Figueira da Foz é uma cidade de Surf, e como tal não podia deixar de ser parte ativa da retoma num momento como este, em respeito pela história, por todos os surfistas da nossa cidade e por todos aqueles que queriam competir nas nossas ondas. Parabéns à ANS pelo trabalho de excelência que desenvolvem em prol do desporto e em particular do surf.”

    O surgimento da pandemia e a consequente expansão a nível mundial obrigaram ao cancelamento da temporada internacional de 2020 e ao adiamento de várias etapas na Liga MEO Surf. Contudo, a ação regressou de 19 a 21 de Junho, em pleno início de verão, para uma etapa ditou o arranque daquele que foi o único circuito profissional de surf a ser disputado em todo o Mundo durante a presente temporada.

    A Praia do Cabedelo e da Murtinheira foram o palco de uma prova simbólica, que foi vencida por Frederico Morais e Teresa Bonvalot. Um triunfo que serviu também para lançar ambos os surfistas na corrida ao título. Kikas e Teresa viriam mesmo a sagrar-se campeões nacionais e os únicos vencedores em 2020 de um título a nível mundial disputado no formato de circuito.

    Allianz Figueira Pro 2020 em números

    - Campeões da Etapa: Frederico Morais e Teresa Bonvalot;

    - Finalistas Masculino: Filipe Jervis (2º), Afonso Antunes & Tomás Fernandes (3º Ex Aequo);

    - Finalistas Feminino: Carolina Mendes (2ª); Kika Veselko & Yolanda Hopkins (3ª Ex Aequo);

    - 1003 ondas surfadas por 97 surfistas em competição;

    - Melhor onda (máximo 10 pontos): 9.00 de Luís Perloiro (round 3);

    - Melhor pontuação (máximo 20 pontos): 17.15 de Frederico Morais (final);

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Figueira da Foz
  • liga meo surf
  • Allianz Figueira Pro
  • Fotografia
    DR ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
novembro 25
Sol fica só até sábado: chuva volta no domingo
novembro 24
Seleção Nacional de Surf Adaptado quer medalhas no Mundial ISA 2022
novembro 24
Prolongado aviso de agitação marítima na Madeira
novembro 23
O que esperar do grande swell que vai entrar na Nazaré?
novembro 23
Divulgados os convocados da Seleção Nacional de Surf Adaptado para o Mundial ISA 2022
novembro 23
Cuidados a ter por causa da forte agitação marítima esperada
novembro 23
Guilherme Ribeiro e Justin Mujica recebem wildcards para o Special Event do circuito ASCC Caparica Power