Homepage

  • Espanha cancela provas do nacional de surf devido à pandemia
    28 outubro 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Esta decisão surge numa altura em que a WSL começa a fazer a contagem decrescente para o regresso do circuito mundial.
  • A segunda vaga da pandemia da Covid-19 continua a afetar a Europa e os campeonatos de surf voltaram a sair afetados. Se em Portugal grande parte dos circuitos coroaram os seus campeões, incluindo a Liga MEO Surf, que realizou as cinco etapas previstas inicialmente, aqui ao lado, em Espanha, não se passa o mesmo.

    A Federação Espanhola de Surf anunciou esta semana o cancelamento das etapas do circuito nacional que se iriam realizar nas próximas semanas na Galiza e nas Astúrias. Isto numa altura em que o número de infetados no país vizinho continua a subir para patamares cada vez mais preocupantes.

    O responsável máximo do surf espanhol justificou a decisão com o facto de não estarem reunidas condições sanitárias para a realização das etapas que aconteceriam em Pantín e Gijón. “Os piores cenários estão a tornar-se reais”, apontou Lourenço Chaves de Almeida.

    Ainda assim, a etapa final do circuito espanhol, assim como a do circuito de bodyboard continuam marcadas para dezembro, embora em ambos os casos se esteja a falar de etapas insulares, marcadas para as Canárias. Até ao momento, mesmo que sem datas oficiais, estas provas não foram canceladas.

    Esta decisão surge numa altura em que a WSL começa a fazer a contagem decrescente para o regresso do circuito mundial, que acontecerá em novembro para as mulheres e em dezembro para os homens, em ambos os casos no Havai. Só que com a segunda vaga da pandemia a varrer o Mundo, há já alguns rumores sobre as dificuldades que irá haver para recomeçar os circuitos, sobretudo tendo em conta que surfistas de todo o Mundo terão de viajar e entrar en território norte-americano.

    Entretanto, outros países continuam a disputar provas e a coroar os seus campeões. Foi isso que aconteceu este fim-de-semana na Nova Zelândia, com Kehu Butler e Natasha Gouldsbury a sagrarem-se campeões. Mais para a Escandinávia, foi o algarvio Luca Guichard que teve razões para festejar, ao sagrar-se campeão nacional norueguês.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Espanha
  • Campeonatos
  • Covid-19
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
dezembro 05
492 vidas já foram salvas pela Marinha desde o início do ano
dezembro 05
Mau tempo deixa todo o arquipélago dos Açores sob aviso amarelo
dezembro 05
Mundial ISA de Surf Adaptado já está na água: como ver a Seleção Nacional?
dezembro 05
Frederico Morais para Teresa Bonvalot: 'Tens de estar é orgulhosa da atleta que foste este ano'
dezembro 05
Já não chega proteger a biodiversidade: restaurar é o caminho
dezembro 02
Ericeira Surf Clube participa em projeto que promove a sustentabilidade ambiental e não só
dezembro 02
Primeiro fim de semana de dezembro vai ser frio, cinzento e chuvoso