Homepage

  • Nacional de Bodyboard: Daniel Fonseca e Joana Schenker podem revalidar títulos em Peniche
    13 outubro 2020
    arrow
    arrow
  • Os dois bodyboarders proclamam-se campeões nacionais de 2020 em caso de vitória na etapa penichense.
  • Depois de cancelada no passado mês de setembro, devido a condições climatéricas adversas, a etapa de Peniche do Circuito Nacional de Bodyboard Crédito Agrícola 2020 terá lugar no próximo fim de semana.

    Neste terceiro evento do ano, há o interesse acrescido em verificar se Daniel Fonseca e Joana Schenker, os líderes dos campeonatos masculino e feminino, asseguram desde já a revalidação dos títulos alcançados em 2019.

    Este é um cenário que pode acontecer em caso de vitória de ambos e de forma antecipada. Isto porque depois da etapa penichense falta ainda realizar a jornada da Póvoa de Varzim, que irá decorrer entre os dias 24 e 25 de outubro.

    Na competição feminina, Joana tem dominado o circuito até ao momento, vencendo em Santa Cruz e Nazaré, enquanto Daniel triunfou em Santa Cruz e foi segundo classificado na Nazaré, atrás de Pierre-Louis Costes, que por questões de nacionalidade não é elegível para o título nacional.

    Para Daniel Fonseca, local de Peniche, as contas são fáceis: “O objetivo é ganhar em Peniche e ser campeão em casa. É isso que estou a visualizar à partida para esta etapa.”

    Joana Schenker é mais cautelosa: “Vou tentar tudo por tudo para ser campeã em Peniche, mas não quero colocar demasiada pressão.”

    Acerca do seu domínio no circuito, a hexacampeã nacional relativiza: “Não tive heats fáceis até agora, apenas tive a felicidade de correrem bem para o meu lado e isto ainda não acabou. Vamos para Peniche, o que é mais ou menos indiferente em termos do título, pois quero ganhar onde quer que seja. Porém é sempre um local em que esperamos apanhar ondas de excelência.”

    Os dois campeões nacionais também elogiam o circuito deste ano, organizado sob fortes condicionalismos devido à pandemia de Covid-19.

    “Ser campeão num circuito que tem tido este destaque seria ainda melhor. O circuito tem sido acompanhado por toda a gente e tem tido um impacto excelente. Ganhar assim seria vencer no maior palco de bodyboard do momento”, diz Daniel Fonseca, acrescentando: “Tive várias pessoas de diversos países a contactar-me a propósito da minha participação neste circuito. Pessoal do Brasil, Espanha, França e África do Sul. Isto mostra bem o impacto que esta prova está a ter em todo o mundo.”

    Já Joana Schenker confessa-se surpreendida com a dimensão que o circuito atingiu em circunstâncias tão improváveis para o sucesso.

    “Estou agradavelmente surpreendida, pois mesmo sabendo que a organização estava pronta para avançar assim que terminasse o confinamento, não esperava que o Nacional se tornasse tão importante para mim e para todos os envolvidos. Normalmente, estou mais focada no Mundial, mas o Nacional tornou-se o meu objetivo principal deste ano e, seguramente, para o ano estarei em melhores condições para o Mundial, pois mantive o foco competitivo.”

    A etapa de Peniche é coorganizada pela BBoard TV, Federação Portuguesa de Surf e Peniche Surfing Clube, com o apoio da Câmara Municipal de Peniche.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Surf
  • Portugal
  • Peniche
  • Câmara Municipal de Peniche
  • FPS
  • Daniel Fonseca
  • Joana Schenker
  • Federação Portuguesa de Surf
  • Circuito Nacional de Bodyboard
  • Crédito Agrícola
  • BBoard TV
  • Peniche Surfing Clube
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
julho 26
Ouro olímpico do surf vai ser discutido esta madrugada!
julho 26
A inacreditável montanha-russa de emoções da prova olímpica da Costa Rica
julho 26
David Raimundo: 'Acreditamos que é possível conquistar uma medalha olímpica. Temos competência para lá chegar'
julho 26
Nasceu o Start Zero Zero, projeto que une os países da CPLP através da organização de campeonatos de surf
julho 26
Projeto 'Surf & Rescue' visitou pela primeira vez a Madeira
julho 26
Já diplomada, Yolanda Hopkins quer mais de Tóquio'2020: 'Aqui não há limites, não é?'
julho 26
Teresa Bonvalot: 'Foi um orgulho gigante ter participado nos Jogos Olímpicos de Tóquio'