Homepage

  • Bom Petisco Cascais Pro alimentado a 60% com energia solar
    22 outubro 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ANSurfistas/The Black Volt
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Em termos de locais de consumo a alimentar, considere-se duas tipologias: a operação de transmissão para TV (trifásico) e os locais técnico-administrativos (monofásico).
  • O Bom Petisco Cascais Pro, quinta e última etapa da Liga MEO Surf 2020, a principal prova de surf em Portugal e a que coroou Frederico Morais e Teresa Bonvalot como campeões nacionais de Surf em 2020, foi alimentada a cerca de 60% com energia de origem renovável, designadamente energia solar, tendo permitido uma redução de emissão de 80kg de CO2 na atmosfera para além de um redução de 30kg de consumo de carvão, o que se traduz no resultado equivalente à plantação de 9 árvores.

    O projecto piloto de fornecimento e monitorização da energia eléctrica foi conduzido pela The Black Volt, empresa especialista em portabilidade de energias renováveis, tendo disposto no local de prova de uma estação solar portátil associada a um sistema de geração de energia híbrido, onde a componente renovável antecipa e substitui a fonte de combustível fóssil.

    Francisco Rodrigues, Presidente da Associação Nacional de Surfistas

    O compromisso da Associação Nacional de Surfistas e da Liga MEO Surf com a sustentabilidade é conhecido. Temos vindo a trabalhar uma série de eixos relacionados com a proteção do oceanos, onde se incluem as limpezas de praia da Fundação Altice e as iniciativas da Jerónimo Martins de consciencialização para a necessidade de preservação da oceano, onde já retiramos mais de 2 toneladas de plástico das praias de Portugal assim como impactamos mais de 2.500 pessoas. Esta dimensão de energia limpa faz todo o sentido e estamos muito contentes com os resultados atingidos. Esperamos pode dar continuidade a este teste piloto na edição de 2021 da Liga MEO Surf.”

    Em termos de locais de consumo a alimentar, considere-se duas tipologias: a operação de transmissão para TV (trifásico) e os locais técnico-administrativos (monofásico), apresentando ambos necessidades e exigências diferentes ao longo dos 3 dias de prova.

    Na sua globalidade, o sistema de monitorização e contagem remota dos consumos registou um valor total de 137.6KWh, do qual 83.29KWh foi fornecido por energia de origem renovável, o que corresponde a 60,53% das necessidades globais.

    Para além do resultado muito favorável, foram também detectadas oportunidades de melhoria, podendo-se assim antever resultados ainda mais optimizados noutra competição da mesma natureza energética num futuro próximo, com vista à concretização do objectivo de “zero emissões & carbon neutral”.

    Nuno Neto, The Black Volt

    Em termos gerais, este projecto piloto foi bastante positivo! No entanto, o cenário para captação de energia solar ficou aquém do seu potencial porque estivemos com uma orientação física da estação virada para oeste e assim mais de metade do dia a 25% da capacidade de produção. Mesmo com esta contingência imposta pelas limitações da área para implementação das estruturas, foi possível anular grande parte dos consumos para além de obter dados relevantes para um futuro dimensionamento energético com um ajustamento mais optimizado. No final desta experiência piloto, a informação obtida é determinante para se ambicionar uma pegada de carbono nula em futuras oportunidades.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • liga meo surf
  • Bom Petisco Cascais Pro
  • The Black Volt
  • Energias renováveis
  • Fotografia
    ANSurfistas/The Black Volt
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
abril 14
Tóquio'2020: Participantes vão ser sujeitos a 'quarentena adaptada'
abril 14
Portugal integra projeto para mitigar impacto da pesca de cetáceos
abril 14
Polícia Marítima não registou incidentes no Allianz Ericeira Pro
abril 14
Portugal é o 3º país da Europa que mais pesca tubarão e raia
abril 14
Apreendidos cerca de 76 kg de ouriços-do-mar em Vila Praia de Âncora
abril 14
Chuva, por vezes forte, coloca 9 distritos sob aviso amarelo
abril 13
Brave Heart vai realizar curso de nadador-salvador em Cascais