Homepage

  • Câmara de Viana do Castelo cria Linha SOS para ocorrências com animais selvagens
    23 outubro 2020
    arrow
    arrow
  • O novo serviço pretende aliviar a pressão sobre entidades que prestam socorro a pessoas e bens.
  • A Câmara Municipal de Viana do Castelo criou uma Linha SOS (258 819 391) para ocorrências que envolvam animais selvagens.

    Esta iniciativa tem o propósito de “aliviar a pressão” nas organizações de socorro a pessoas e bens no concelho, até agora acionadas para atender àquelas situações.

    “O que pretendemos com a Linha SOS Biodiversidade é diminuir ao máximo o número de ocorrências que envolvam animais selvagens reportados às entidades que prestam socorro a pessoas e bens. Sem querer, as pessoas podem pôr em causa o socorro em casos de emergência, como acidentes, incêndios ou outras situações”, explicou esta sexta-feira à agência noticiosa Lusa o vereador do Ambiente da Câmara de Viana do Castelo.

    Ricardo Carvalhido justificou a criação daquele serviço, já em funcionamento, 24 horas por dia, com a necessidade de dar “uma resposta cirúrgica” a “ocorrências frequentes em espaço público, como o arrojamento de animais marinhos (golfinhos e tartarugas), gaivotas, cavalos e javalis mortos, moribundos ou feridos, entre outros animais selvagens”.

    “Quando encontravam um animal selvagem ferido ou morto, as pessoas não sabiam bem para onde ligar e acabam por acionar várias entidades, como os bombeiros, PSP, GNR, Autoridade Marítima, que são entidades que têm por missão o socorro e salvamento de pessoas e bens. Agora devem ligar para a Linha SOS Biodiversidade e o operador contacta, cirurgicamente, a entidade que tem a competência para a resolver”, especificou.

    Durante o dia, “as chamadas são atendidas pelo Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA) e, no período noturno, por uma equipa de resgate e salvamento animal dos Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo, que dispõe de formação e de equipamento específico, nomeadamente uma célula sanitária ventilada de transporte”.

    O vereador do Ambiente explicou que a criação daquele serviço resultou de uma avaliação que envolveu diversas entidades, entre elas o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), face à “frequência” daquelas ocorrências.

    “Verificou-se a ocupação desnecessária de meios humanos, técnicos e logísticos (como a ocupação do operador de atendimento telefónico), podendo pôr em causa o tempo de resposta a emergências”, reforçou. Por outro lado, acrescentou Ricardo Carvalhido, “o cidadão também não estava a obter a resposta célere e concreta que procurava para que a situação dos animais em causa (com interferência na saúde pública) fosse atendida sem objetividade”. 

     

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Portugal
  • viana do castelo
  • Câmara Municipal de Viana do Castelo
  • Animais selvagens
  • Linha SOS
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
novembro 25
Steph, Parko e outros tops avançam com primeiro resort de surf australiano
novembro 25
Praia de Albarquel conquista prémio 'Praia + Acessível 2020'
novembro 24
Irmã de Medina arrasa concorrência pelo Brasil
novembro 25
Zmar promove campanha Black Friday
novembro 25
Mais 82 autos levantados por campismo e autocaravanismo ilegais em Vila do Bispo
novembro 25
The Base Surf Store celebra Black Friday com campanha especial
novembro 25
Odeceixe Surf School anuncia aulas aos fins de semana para crianças
pub