Homepage

  • Afonso Antunes e Teresa Bonvalot mais próximos dos títulos nacionais
    19 setembro 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Para domingo a chamada está marcada para as 8 horas, prevendo-se uma longa manhã de ação, com emoções fortes à mistura.
  • A Praia Internacional voltou a oferecer, este sábado, ondas com tamanho e potencial aos melhores surfistas nacionais, num segundo dia do Renault Porto Pro que ficou marcado por condições desafiantes e uma tempestade que acabou por obrigar a parar a competição à entrada das rondas decisivas. Teresa Bonvalot e Afonso Antunes destacaram-se novamente na etapa nortenha e ficaram mais perto de garantir o título nacional de forma antecipada. Domingo é dia de se conhecer os campeões da quarta e penúltima etapa da Liga MEO Surf 2020, com possibilidade de também se coroarem os campeões nacionais.

    Requisitos para Afonso Antunes ser Campeão Nacional no Renault Porto Pro:

    – Vencer a etapa e esperar que Frederico Morais não chegue à final;

    Requisitos para Teresa Bonvalot ser Campeã Nacional no Renault Porto Pro:

    – Vencer a etapa;
    – Ou ficar no 2.º posto e esperar que Yolanda Hopkins ou Carolina Mendes não vençam a etapa;

    A ação retomou ao início da manhã com a 2.ª ronda masculina, com o mar a apresentar-se maior, mas não tão perfeito como na véspera. Ainda assim, existiram várias oportunidades para os surfistas conseguirem pontuações altas, quase sempre graças ao surf power. Nesta fase da prova destacaram-se as performances de Guilherme Ribeiro, Eduardo Fernandes e Frederico Morais, mas, acima de tudo, a de Afonso Antunes, que, aos 17 anos, não acusou a pressão da luta pelo título, vencendo a sua bateria com um score de 13,50 pontos - o melhor da ronda. Afonso repetiu a receita da parte da tarde, somando precisamente o mesmo score para alcançar mais um triunfo sólido, desta vez na 3.ª ronda.

    Ainda assim, Frederico Morais e Vasco Ribeiro, que são os rivais mais diretos de Afonso, ocupando atualmente o 2.º e 3.º posto do ranking, respetivamente, elevaram o nível na 3.ª ronda, conseguindo dar uma resposta ao nível e maturidade exibidos pelo jovem líder do ranking nacional. Kikas venceu a terceira bateria da ronda com um score de 13,75 pontos, enquanto Vasco Ribeiro, logo de seguida, fechou o dia com um triunfo expressivo entre vários surfistas de relevo. Vasco somou 15,50 pontos, deixando Luís Perloiro no 2.º posto e ajudando a eliminar João Kopke e Francisco Alves.

    Com os quartos-de-final man-on-man já decididos preveem-se grandes embates para o dia final do Renault Porto Pro. No primeiro heat da ronda o bicampeão nacional Miguel Blanco mede forças com Francisco Almeida, enquanto Afonso Antunes vai ter pela frente o experiente Eduardo Fernandes e Frederico Morais vai enfrentar Luís Perloiro. Já Vasco Ribeiro compete frente ao jovem Martim Paulino, que é a grande sensação desta etapa. Em perspetiva está, assim, um embate entre Kikas e Vasco nas meias-finais, com Afonso à espreita. Isto porque se Afonso Antunes vencer a etapa e Frederico não chegar à final, o jovem surfista garante o título nacional de forma antecipada. Caso contrário, fica tudo adiado para a etapa final, a disputar-se em Outubro, em Cascais.

    Heats dos quartos-de-final masculinos:

    H1: Miguel Blanco x Francisco Almeida
    H2: Afonso Antunes x Eduardo Fernandes
    H3: Frederico Morais x Luís Perloiro
    H4: Vasco Ribeiro x Martim Paulino

    Na prova feminina o destaque foi novamente para a líder do ranking Teresa Bonvalot. Na única vez que entrou na água este sábado, Teresa esteve em grande plano, conseguindo um triunfo folgado, com um score de 15,50 – abaixo dos 16,60 de ontem, mas novamente com o melhor registo do dia – e com uma onda de 9 pontos (máximo de 10) pelo meio. Quem também esteve em bom plano foi a jovem campeã nacional Sub-16 Gabriela Dinis, que conseguiu uma onda de 8 pontos, que a ajudou a vencer o último heat da ronda. Antes disso, já a campeã Sub-18 Carolina Santos e a campeã nacional Yolanda Hopkins também tinham conseguido triunfar nesta fase.

    No domingo a ação deverá retomar com a 3.ª ronda feminina, onde as oito surfistas ainda em prova vão lutar por uma das quatro vagas disponíveis para as meias-finais. Isto numa altura em que Teresa Bonvalot está a apenas três heats de ser campeã nacional pela terceira vez na carreira. Caso Teresa vença a etapa é automaticamente campeã, mas o segundo lugar também lhe garante o título desde que Yolanda Hopkins e Carolina Mendes não vençam a etapa. Para já, a surfista do Guincho, de 20 anos, vai ter de se concentrar no próximo heat, onde terá pela frente a forte concorrência de Gabriela Dinis, Camilla Kemp e Kika Veselko.

    Heats da 3.ª ronda feminina:

    H1: Carolina Santos x Yolanda Hopkins x Carolina Mendes x Mafalda Lopes
    H2: Teresa Bonvalot x Gabriela Dinis x Camilla Kemp x Kika Veselko

    A manhã deste sábado ficou ainda marcada pela celebração do World Clean-up Day, que consistiu na realização de uma iniciativa de sensibilização, seguida de limpeza de praia, com a marca da Fundação Altice e com o apoio da Plastic Sundays. Os surfistas do MEO H-Team uniram-se ao campeão nacional Miguel Blanco e aos demais voluntários nesta iniciativa e deram o exemplo em prol do planeta.

    Para domingo a chamada está marcada para as 8 horas, prevendo-se uma longa manhã de ação, com emoções fortes à mistura. Além das finais, que deverão ser disputadas ao início da tarde, haverá ainda lugar à Renault Expression Session.

    Agenda para domingo, 20 de Setembro:

    08h00 – Call terceiro dia de competição
    12h30 – Renault Expression Session (por confirmar)
    13h00 – Finais do Renault Porto Pro (por confirmar)
    14h00 – Cerimónia de Entrega de Prémios do Renault Porto Pro (por confirmar)

    Em termos de troféus laterais, acrescem a luta pela melhor manobra na Renault Expression Session e pela Somersby Onda do Outro mundo (ambos com 2.500€ anuais), e a disputa do Santander Award, a definir no final do ano com ponderação entre a performance desportiva e aproveitamento escolar. Destaque ainda para o Bom Petisco Girls Score, o primeiro prémio exclusivamente dedicado às senhoras, com 2.500€ anuais para a melhor pontuação combinada no quadro de competição feminino.

    O Renault Porto Pro pode ser acompanhado a partir de casa com transmissão integral em direto na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, na posição 810 da grelha de canais MEO, em ligameosurf.pt e redes sociais em @ansurfistas.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Porto
  • Tempestade
  • matosinhos
  • Renault Porto Pro
  • liga meo surf
  • Afonso Antunes
  • Teresa Bonlavot
  • frederico morais
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
outubro 23
A hora vai mudar: relógios atrasam 60 minutos na madrugada de domingo
outubro 25
Rodrigo Carrajola e Jaime Bonito renovam os títulos nacionais de bodysurf
outubro 24
Do susto ao título: Joana Schenker é heptacampeã nacional de bodyboard
outubro 21
Costa da Morte, na Galiza, quer ser Reserva Mundial de Surf
outubro 24
Guincho recebe etapa única do Nacional de Bodysurf
outubro 23
Fim de semana chega com sábado soalheiro e chuva no domingo
outubro 23
Três surfistas resgatados na Praia da Barra
pub