Homepage

  • Julian Wilson sem patrocínio e em disputa com a Hurley
    15 setembro 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A crise da Hurley não é recentemente e desde o início do ano que se tem assistido a uma grande debandada daquele que já foi o maior team do surf mundial.
  • Julian Wilson protagonizou a mais recente surpresa no mercado do surf, ao apresentar-se esta semana sem patrocínio no nose da prancha com que competiu no Tweed Coast Pro. Uma imagem que deixou antever o fim da ligação à Hurley, que já vinha dos tempos da Nike 6.0. Só que não terá sido um processo fácil, pois, segundo os meios especializados, o surfista australiano iniciou uma batalha legal com a marca.

    De acordo com a “Stab Magazine”, Julian entrou com uma ação num tribunal na Califórnia, reclamando direito a 1,5 milhões de dólares. O antigo vice-campeão mundial garante ter direito a essa quantia, apesar de a marca ter utilizado a recente crise mundial criada pela pandemia da Covid-19 como pretexto para dispensar os serviços do surfista.

    A Hurley terá alegado o facto de Julian não ter competido em pelo menos cinco eventos durante este ano, para não fazer o pagamento do valor acordado de 1,5 milhões de dólares. Apesar dessa cláusula existente no contrato, que foi assinado em 2014, a equipa legal defende-se com o facto de tal situação ser impossível de cumprir devido ao cancelamento global de eventos desportivos.

    Este diferendo legal promete agora fazer correr muita tinta, com a decisão entregue aos tribunais e com Julian Wilson a já não usar o logo da Hurley na sua prancha. Neste momento o talentoso surfista australiano ficou ainda com o patrocínio da Red Bull.

    A crise da Hurley não é recentemente e desde o início do ano que se tem assistido a uma grande debandada daquele que já foi o maior team do surf mundial. Ainda em janeiro último tinha sido John John Florence a deixar a marca, após um acordo para a extinção daquele que foi o maior contrato da história do surf.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Julian Wilson
  • Hurley
  • Tribunal
  • Patrocínio
  • contratos
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
fevereiro 01
Surf nacional lamenta perda de Pedro Lacerda
fevereiro 03
Lucas Fink, de Ipanema para as ondas grandes da Nazaré com a prancha de skimboard: 'Se o teu sonho não te dá medo, não estás a sonhar alto'
fevereiro 03
Sol e temperaturas acima dos 20ºC no primeiro fim de semana de fevereiro
fevereiro 03
Está a chegar o Circuito Regional de Surf do Sul 2023!
fevereiro 02
Tempo frio ainda deixa três distritos sob aviso amarelo
fevereiro 02
Praia da Empa coroou vencedores do Science Ericeira 2022
fevereiro 01
FUEL TV assegura transmissão do Winter Dew Tour 2023 à escala global