Homepage

  • Vasco Ribeiro rebenta com a escala em Pantín
    21 agosto 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Pantín Classic Pro
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Portugal colocou dois surfistas entre os 16 finalistas da prova galega.
  • A armada lusa viveu esta sexta-feira mais um dia extremamente positivo no Pantín Classic Pro, desta vez numa jornada dedicada exclusivamente à prova masculina e ondas Vasco Ribeiro esteve em especial destaque, com ondas bem grandes e ao estilo havaiano. O surfista português conseguiu as melhores ondas do dia, ficando por duas vezes perto da perfeição, e também o melhor score do dia.

    Os surfistas portugueses estiveram em bom plano na ronda 2, com José Champalimaud a dar o mote com um triunfo no heat 2. Depois foi a vez de Vasco Ribeiro entrar em cena e vencer a bateria 4 com um score de 15,37 pontos (máximo de 20). Pelo meio Vasco conseguiu uma onda de 9,70 pontos, com um dos juízes a dar mesmo a nota máxima (10 pontos), graças a duas manobras fortíssimas num dia marcado por mar desafiante.

    Depois registaram-se ainda as qualificações de Gabriel Ribeiro, Luís Perloiro, Joaquim Chaves, Guilherme Ribeiro e Pedro Coelho, todos na segunda posição dos respetivos heats. Nesta fase, apenas ficou pelo caminho João Pereira, surfista de Viana do Castelo, e ainda o campeão nacional Miguel Blanco, que acabou por não comparecer em prova.

    A ação avançou ainda para a 3.ª ronda, onde Vasco Ribeiro elevou ainda mais o nível, ficando novamente perto de conseguir a pontuação perfeita. Noutra onda bem grande, Vasco repetiu a receita, com duas manobras power, que lhe renderam 9,83 pontos, com três dos cinco juízes a darem os 10 pontos. O surfista do Estoril juntou ainda um 8,33, que rendeu um total de 18,16 pontos e mais um triunfo rumo à 4.ª ronda.

    Joaquim Chaves também conseguiu avançar para a ronda seguinte, depois de ter sido 2.º classificado no heat 5. Em sentido inverso, José Champalimaud, Gabriel Ribeiro, Luís Perloiro, Pedro Coelho e Guilherme Ribeiro ficaram pelo caminho nesta 3.ª ronda.

    Portugal coloca assim dois surfistas entre os 16 finalistas da prova galega, a primeira a acontecer a nível internacional no pós-pandemia. Na próxima ronda Vasco Ribeiro vai medir forças com o francês Charly Quivront e com os espanhóis Andy Criere e Luis Diaz em busca de um lugar nos quartos-de-final. Já Joaquim Chaves está no heat 4, onde defronta o espanhol Vicente Romero, o basco Aritz Aranburu e o francês Maxime Huscenot.

    A prova feminina teve esta sexta-feira dia de descanso, devendo regressar amanhã à água. Teresa Bonvalot e Carolina Mendes estão apuradas para os quartos-de-final e, por isso, também na luta pelo triunfo neste Pantín Classic Pro, um dos eventos mais antigos da Europa e que tradicionalmente faz parte do circuito WQS, embora este ano isso não aconteça. As finais aconteçam já este sábado. 

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Pantin Classic Pro
  • Vasco Ribeiro
  • Pantín
  • Joaquim Chaves
  • Galiza
  • Fotografia
    Pantín Classic Pro
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 20
Colónia de peixes com 60 milhões de ninhos é descoberta na Antártida
janeiro 20
O tempo vai arrefecer. Temperaturas descem nos próximos dias
janeiro 20
Investigação pede fim do 'consumo excessivo' para travar perda da biodiversidade
janeiro 20
Canadiano “leva” nome de pessoas falecidas na prancha para uma última surfada
janeiro 20
É CT e Mundial ISA. El Salvador meteu-se no mapa das grandes competições internacionais de surf
janeiro 19
Caitlin Simmers quer apenas continuar a ser Caitlin Simmers, para já
janeiro 19
Estão abertas as inscrições para curso de nadador-salvador profissional em Sintra