Homepage

  • Praia da Figueira da Foz foi a que mais vezes lotou na Região Centro
    17 agosto 2020
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Na área sob responsabilidade da ARH Centro, entre Ovar e Marinha Grande, a autoridade de Ambiente garante que, de uma forma geral, o distanciamento entre banhistas foi cumprido.
  • A praia do Forte, um pequeno areal na Figueira da Foz, foi a praia costeira em toda a região Centro que mais dias lotou, revelou a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) em comunicado. De acordo com dados da APA, a praia do Forte, que possui uma lotação de 600 pessoas, registou até ao momento 29 dias de ocupação plena, com registos acima das 400 pessoas e bandeira vermelha de acesso hasteada.

    Em declarações à Lusa, à margem de uma ação de acompanhamento da evolução da ocupação da praia do Forte, localizada junto à foz do rio Mondego, Nelson Silva, chefe de divisão de recursos hídricos do litoral da Administração da Região Hidrográfica (ARH) do Centro, definiu a iniciativa como uma "ação pedagógica", promovida atendendo ao histórico de registos de ocupação plena ali observado.

    "Aqui o objetivo principal é garantir o cumprimento do diploma legal e garantir as distâncias [entre banhistas]", frisou o mesmo responsável. A praia tem cerca de 70 metros de comprimento por 60 de largura, uma área que não chega a meio hectare. Apesar do limite máximo do areal definido pela APA serem as 600 pessoas, Nelson Silva admitiu como provável que a lotação real máxima da praia do Forte seja menor do que aquele valor.

    Na área sob responsabilidade da ARH Centro, entre Ovar, distrito de Aveiro, e Marinha Grande, no distrito de Leiria, que comporta 40 águas balneares costeiras, a autoridade de Ambiente garante que, de uma forma geral, o distanciamento entre banhistas foi cumprido.

    Visão idêntica sobre o comportamento dos banhistas tem o capitão do porto da Figueira da Foz, João Lourenço, que, em quase dois meses de época balnear no município litoral do distrito de Coimbra, assegura que "no geral as pessoas acabaram por compreender a situação excecional" atual, face à pandemia de covid-19.

    "Obviamente, continua a haver pontos de preocupação, nomeadamente esta praia [do Forte] que pelas suas dimensões rapidamente atinge o vermelho e o Cabedelo [na margem esquerda do Mondego] que é uma praia muito apetecível", disse. "Tanto a Polícia Marítima como o pessoal da vigilância apeada têm feito rondas, têm incentivado ao distanciamento social e, de uma forma geral, o que se nota é que as pessoas acabam por acatar e dispersam-se", afirmou João Lourenço.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Figueira da Foz
  • Praia do Forte
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
maio 06
Praias de Sintra voltam a não ter toldos e barracas na época balnear
maio 06
Polícia Marítima apreende 200 metros de redes de pesca ao largo da Praia da Barra
maio 06
Circuito Nacional de Bodyboard 2021 começa em agosto e vai passar pelos Açores
maio 05
Praia de Mira, a única zona balnear que há 35 anos consecutivos recebe a Bandeira Azul
maio 05
Vai nascer no Barreiro uma das maiores praias fluviais da Área Metropolitana de Lisboa
maio 06
6ª edição da Porto & Matosinhos Wave Series prestes a começar
maio 05
Joaquim Chaves Saúde Porto Pro com boas ondas no horizonte