Homepage

  • O que fazer em caso de contacto com a medusa velella? Autoridade Marítima esclarece
    13 agosto 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Autoridade Marítima Nacional
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Deve ser evitado o contacto com a espécie medusa velella, pois este organismo gelatinoso pode provocar reações alérgicas.
  • Nos últimos dias já foram quatro as praias que tiveram de ser interditadas a banhos devido à presença em elevada quantidade da espécie medusa velella. Um organismo gelatinoso que, nos últimos dias, tem surgido algumas praias da costa portuguesa. 

    Perante tal situação e numa altura em que a afluência às praias é grande, por estarmos num período de férias para muitos, a Autoridade Marítima Nacional informou, através de uma nota publicada no seu sítio de internet, quais os cuidados a ter com a espécie medusa velella.

    Um trabalho de sensibilização quem tem vindo a ser realizado em coordenação com as autoridades de saúde e de acordo com a informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera. 

    Desde logo, a Autoridade Marítima Nacional reforça que o "contacto com uma medusa velella velella deve ser evitado, uma vez que pode provocar uma reação alérgica e, em casos mais graves, queimaduras ou outras reações".

    Em caso de avistamento do organismo gelatinoso, o banhista deve "afastar-se, sair da água evitando o contacto direto, por forma a evitar reações alérgicas e alertar o nadador-salvador ou as autoridades".

    Se porventura, existiu "contacto com estes organismos e for sentida uma picada, o banhista deve sair rapidamente da água e dirigir-se de imediato ao nadador-salvador".

    A Autoridade Marítima Nacional explica que os "sintomas associados à picada podem ser dor forte, irritação, vermelhidão, inchaço, comichão e, em alguma situações, sensação de queimadura (calor/ardor) no local".

    Na prestação de primeiros socorros, os seguintes comportamentos deverão ser adotados: 

    - Não esfregar ou coçar a zona atingida para não espalhar o veneno;

    - Não usar água doce, álcool ou amónia;

    - Não colocar ligaduras;

    - Lavar com cuidado com a própria água do mar;

    - Retirar com cuidado os tentáculos (caso tenham ficado agarrados à pele) utilizando luvas, uma pinça de plástico e soro fisiológico ou água do mar;

    - Se possível, aplicar bicarbonato de sódio misturado em partes iguais com água do mar;

    - Aplicar frio (água do mar gelada ou bolsas de gelo) no local atingido para aliviar a dor (o gelo não pode ser aplicado diretamente na pele, deve ser enrolado num pano).

    No caso da zona afectada apresentar sintomas de queimadura, deverá ser administrado um anti-histamínico e proceder à aplicação de uma camada fina de pomada própria para queimaduras, sendo que o banhista deverá dirigir-se a um posto médico. 

    Por último, a Autoridade Marítima Nacional explica que em "algumas circunstâncias, especialmente nas pessoas mais sensíveis às picadas e venenos das medusas ou águas-vivas (conhecidas por alforrecas), poderão ocorrer reações alérgicas graves, como falta de ar, palpitações, cãibras, náuseas, vómitos, febre, desmaios, convulsões, arritmias cardíacas e problemas respiratórios".

    Nestes casos, os visados devem ser "encaminhados de imediato para o serviço de urgência".

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Verão
  • Autoridade Marítima Nacional
  • Portugal
  • Época Balnear
  • alerta
  • Prevenção
  • Medusa Velella
  • Fotografia
    Autoridade Marítima Nacional
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
setembro 24
A nova Reserva Mundial de Surf fica na Costa Rica
setembro 22
Água imprópria proíbe banhos na Praia do Camilo
setembro 23
Banhos novamente autorizados na Praia do Camilo
setembro 23
Pelo menos 380 das 500 baleias-piloto encalhadas na Tasmânia já faleceram
setembro 23
Títulos nacionais de SUP vão ser decididos no Norte
setembro 15
Miguel Blanco e uma surf trip épica às Maldivas em tempo de pandemia
setembro 23
MEO Portugal Cup of Surfing está a chegar (TEASER)
pub