Homepage

  • Portugueses em força no Pantín Classic
    16 agosto 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Ao todo estarão 18 surfistas portugueses em prova, com oito surfistas na prova feminina e mais dez na masculina.
  • É já esta terça-feira que arranca o Pantín Classic Pro, um dos eventos mais históricos campeonatos do circuito WQS, mas que este ano se realizará como evento especial e sem a tutela da WSL. Em prova vão estar dezenas de surfistas portugueses. Até domingo uma extensa elite de surfistas europeus vai lutar pelo triunfo num dos mais antigos campeonatos da Europa e que será a primeira prova a nível internacional no pós pandemia.

    Vasco Ribeiro, Miguel Blanco, Teresa Bonvalot, Carolina Mendes e Yolanda Hopkins serão algumas das estrelas portuguesas em ação e que irão liderar a extensa armada portuguesa em prova. Ao todo estarão 18 surfistas portugueses em prova, com oito surfistas na prova feminina e mais dez na masculina.

    Do lado feminino, Teresa Bonvalot e Carolina Mendes terão estatuto de cabeças-de-série e só entrarão em cena na 2.ª ronda. Na primeira ronda está a campeã nacional Yolanda Hopkins, assim como as jovens Carolina Santos, Camila Cardoso, Mafalda Lopes, Raquel Otero e Leonor Fragoso.  

    Já na prova masculina o bicampeão nacional em título Miguel Blanco, Vasco Ribeiro, Luís Perloiro, Joaquim Chaves e Pedro Coelho serão os surfistas com entrada direta para a 2.ª ronda, enquanto José Champalimaud, Diogo Duque, Gabriel Ribeiro, Guilherme Ribeiro e João Pereira iniciam a prova na ronda inaugural.

    Destaque ainda para a presença de nomes bem conhecidos do surf nacional no lote de inscritos, como a antiga campeã nacional Camilla Kemp, Marlon Lipke ou Dylan Groen, todos eles residentes em Portugal mas atualmente a representarem a Alemanha, assim como Gony Zubizarreta e Arran Strong, que também vivem no nosso país, embora o primeiro represente a Espanha e o segundo a Grã-Bretanha.

    Os principais nomes em prova vão ser o francês Joan Duru e o basco Aritz Aranburu, dois antigos competidores do WCT, tal como Marlon Lipke, ou também o antigo campeão mundial júnior Maxime Huscenot e até de um sul-africano top 100 mundial, Slade Prestwich. A francesa Pauline Ado é a única ex-representante do WWT presente no quadro feminino.

    A ação em Pantín arrancou no sábado com um campeonato regional galego, cujos vencedores conseguiram entrada neste principal evento. Esta segunda-feira é dia de prova especial de surf adaptado. E amanhã estará, finalmente, de regresso o melhor surf europeu! A prova pode ser acompanhada em https://classicsurfpro.com/ ou na praia, embora o público interessado em visitar o evento tenha de fazer um registo prévio.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Galiza
  • Pantin Classic Pro
  • Teresa Bonlavot
  • Vasco Ribeiro
  • Miguel Blanco
  • Yolanda Hopkins
  • Carolina Mendes
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
dezembro 03
FPS agradece todo o 'trabalho' e 'dedicação' de Teresa Bonvalot
dezembro 02
Primeiro fim de semana de dezembro vai ser frio, cinzento e chuvoso
dezembro 02
Grupos central e oriental dos Açores com aviso amarelo devido ao mau tempo e mar agitado
dezembro 02
Seleção Nacional de Surf Adaptado já partiu para o Mundial ISA 2022
dezembro 02
Ericeira Surf Clube participa em projeto que promove a sustentabilidade ambiental e não só
novembro 30
Chuva não fica para o feriado: sol vai brilhar
novembro 29
Governo australiano é contra a inclusão da Grande Barreira de Coral na lista de Património Mundial em perigo