Homepage

  • Quem trava Frederico Morais e Teresa Bonvalot na Liga MEO Surf?
    03 julho 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A tarde ficou marcada por muitas eliminações surpreendentes. A primeira delas por parte de Tiago Pires.
  • A histórica praia de Ribeira d’Ilhas foi palco, esta sexta-feira, de uma longa jornada de surf, que marcou o início do Allianz Ericeira Pro, a segunda etapa da Liga MEO Surf 2020, principal competição de surf em Portugal, que define os títulos de campeões nacionais, e a única prova de surf a já ter retomado em todo o Mundo.

    Na prova masculina Frederico Morais foi o surfista em maior destaque, graças a uma performance na casa da excelência, num dia inaugural marcado por várias eliminações surpreendentes. Algumas dessas surpresas foram causadas por jovens surfistas locais da Ericeira, que demonstraram da melhor forma a diferença que faz o conhecimento desta onda. Mas na prova feminina surgiu a resposta por parte de Teresa Bonvalot, com uma pontuação a roçar a perfeição.

    Com algumas ondas a entrar logo pela manhã, a ação começou bem cedo, com os trials masculinos a iniciarem-se pelas 8 horas. Logo aí os locais começaram a dar nas vistas, com o pequeno Martim Fortes, de apenas 13 anos, a ser um dos oito surfistas a seguir para o quadro principal. Francisco Ordonhas, Bruno Marçal, Bruno Mendonça e o jovem madeirense Nilton Freitas foram outros dos destaques nesta fase.

    A ação avançou a bom ritmo para a ronda inaugural masculina e logo no primeiro heat Vasco Ribeiro esteve em bom plano, conseguindo uma das melhores performances do dia, com um score de 13,85 pontos, deixando o trialista Francisco Ordonhas no 2.º posto. Pouco tempo depois, no heat 4, foi a vez de Frederico Morais entrar na água, dando sequência ao triunfo trazido da Figueira da Foz com uma exibição de luxo. Kikas conseguiu mesmo uma onda de 9 pontos (num máximo de 10), alcançando um score de 16,75 pontos e um triunfo inquestionável, numa bateria onde o pequeno Santiago Graça também seguiu em frente.

    Depois de dois dos principais favoritos nesta Liga MEO Surf terem dado espetáculo, outros dos principais nomes conseguiram vencer rumo à 2.ª ronda. Nesta fase, a única exceção entre os cabeças-de-série foi a eliminação do campeão nacional de 2009 João Guedes, que foi vencido pelo wildcard local Arran Strong. Começava aí o domínio dos surfistas locais neste arranque de competição.

    O campeão nacional Miguel Blanco também começou a prova de forma positiva, vencendo o heat 8, com um total de 12,40 pontos. No heat seguinte Tomás Fernandes, também ele local de Ribeira d’Ilhas e campeão em título do Allianz Ericeira Pro, elevou a fasquia e conseguiu um triunfo sólido, com 13,75 pontos. Depois desse heat a prova parou, devido à ação da maré cheia ao início da tarde. A ação só seria retomada às 16 horas, numa toada bem distinta do que até então se tinha passado.

    A tarde ficou marcada por muitas eliminações surpreendentes. A primeira delas por parte de Tiago Pires, que regressou à competição após dois anos de ausência. Saca, antigo top mundial e o mais famoso surfista entre os locais da Ericeira, acabou por não encontrar muitas ondas, falhando a qualificação por apenas 0,55 pontos de diferença para o jovem José Champalimaud. Já o triunfo sorriu ao outro local desta bateria, Henrique Pyrrait, que na Figueira da Foz já tinha surpreendido com um 5.º posto final.

    No heat seguinte, que foi vencido por João Kopke, foi a vez de Francisco Alves ser eliminado novamente de primeira, depois de já o ter sido na primeira etapa. Desta vez, foi o jovem João Crespo a bater um dos principais tops nacionais. Mas as surpresas não ficaram por aqui, pois de seguida foi a vez do também jovem local Martim Carrasco, de 17 anos, causar sensação ao deixar pelo caminho Filipe Jervis, que tinha sido finalista na Figueira da Foz, após uma bateria muito disputada que acabou por ser vencida por Gony Zubizarreta.

    Ao final da tarde houve ainda lugar ao início da primeira ronda feminina, onde as principais favoritas cumpriram com as expectativas, vencendo e dando um bom espetáculo de surf. Destaque para a exímia performance de Teresa Bonvalot, que venceu o heat 5 com um impressionante score de 17,95 (num máximo de 20), com uma onda quase perfeita, de 9,60 pontos, pelo meio. Teresa, que é a campeã em título desta etapa e também líder do ranking, depois de ter vencido na Figueira da Foz, deixou assim um sério aviso à concorrência.

    Kika Veselko, Carolina Santos, Mafalda Lopes e a campeã nacional Yolanda Hopkins foram as outras surfistas a saírem vencedoras neste dia. Contudo, também na prova feminina houve uma local a dar nas vistas. A campeã nacional de 2008 e 2013, Carina Duarte, aproveitou o wildcard recebido para fazer um pequeno regresso à competição, mostrando ainda bom surf e deixando pelo caminho Mariana Assis.

    A prova acabou por ser interrompida já depois das 20 horas, ficando ainda por realizar-se três heats desta fase da prova feminina. Para sábado o call está novamente marcado para as 7 horas, com a ação a retomar com as restantes baterias da ronda inaugural feminina.

    Em termos de troféus laterais, acrescem a luta pela melhor manobra na Renault Expression Session, pela Somersby Onda do Outro mundo e pelo melhor Bom Petisco Girls Score (todos com 2.500€ anuais), a continuação da disputa do Santander Award a definir no final do ano com ponderação entre a performance desportiva e aproveitamento escolar, e ainda a designação dos melhores surfistas locais (masculino e feminino) com uma premiação de 1.500€ por via da Câmara Municipal de Mafra.

    O Allianz Ericeira Pro poderá ser acompanhado a partir de casa com transmissão integral em direto na Sport TV, assim como nos restantes meios oficiais: facebook do MEO, na posição 810 da grelha de canais MEO, em ligameosurf.pt e redes sociais em @ansurfistas.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Liga MEO Surf 2020
  • Allianz Ericeira Pro
  • frederico morais
  • Teresa Bonlavot
  • tiago pires
  • Ribeira d'Ilhas
  • Filipe Jervis
  • Fotografia
    Jorge Matreno/ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
pub
similar News
similar
agosto 14
Ir à praia em Copacabana passará a exigir reserva do lugar
agosto 13
John John Florence cria marca de roupa com a família Hurley
agosto 14
Temperatura vai sofrer pequena descida no fim de semana
agosto 12
Praias de Carcavelos e São Pedro do Estoril reabertas a banhos, proibição no Magoito
agosto 13
O que fazer em caso de contacto com a medusa velella? Autoridade Marítima esclarece
agosto 13
Interdição de banhos levantada na Praia do Magoito
agosto 13
Joana Schenker ajudou a recolher 100 kg de lixo na Praia da Cordoama
pub