Homepage

  • Cada estação náutica é organizada com base na valorização dos recursos náuticos presentes em cada território.
  • Foi na Praia Fluvial de Fernandaires, localizada no concelho de Vila de Rei, que decorreu ontem a sessão de apresentação oficial das Estações Náuticas do Centro de Portugal.

    Um projeto encabeçado pelo Turismo do Centro de Portugal, Fórum Oceano, mas que também conta com o envolvimento de diversos municípios, bem como de outras entidades 

    A cerimónia de apresentação contou com a presença de diversas figuras, entre as quais a ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes.

    O conceito de estação náutica está bastante consolidado em França e Espanha, sendo que em Portugal são para já 24 as estações náuticas certificadas.

    Desta rede de 24 estações, oito delas pertencem à região Centro: Aveiro, Castelo do Bode, Estarreja, Ílhavo, Murtosa, Oeste (esta dividida em várias), Ovar e Vagos. Trata-se da zona do país que possui um maior número de estações certificadas.

    Cada estação náutica é organizada com base na valorização dos recursos náuticos presentes em cada território, os quais incluem a oferta de alojamento, restauração, actividades náuticas e outras actividades e serviços relevantes para a atracção de visitantes.

    “Nós, portugueses, temos hoje a responsabilidade de ir para fora cá dentro e valorizar cada vez mais o que o nosso território tem para oferecer”, disse a ministra da Agricultura.

    Segundo o presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, Ricardo Aires, o conceito de estação náutica serve para destacar a "importância do turismo náutico para o desenvolvimento do turismo".

    Já o presidente do Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, defende que as estações náuticas ao estarem ligadas entre si, promovem a "coesão territorial".

    Ao mesmo tempo o responsável, considera que dada a possibilidade de recursos existentes, a estações náuticas do Centro de Portugal são o "território do futuro". Garantem "segurança, tempo e distanciamento", esta última uma palavra tão importante em tempos de pandemia. 

    Na estação náutica de Castelo do Bode, onde aconteceu a apresentação, o destaque das atividades que podem ser praticadas pelos turistas vai para o stand up paddle (vulgo SUP), Canoagem e o sempre espectacular wakeboard.

    É na albufeira de Castelo do Bode que nasceu a primeira estância de wakeboard do mundo. Ao seu dispor os interessados possuem cinco cable parks.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Estação Náutica
  • Portugal
  • Castelo de Bode
  • Wakeboard
  • Canoagem
  • stand up paddle
  • Turismo do Centro de Portugal
  • Verão
  • Época Balnear
  • Turismo Centro de Portugal
  • Turismo náutico
  • Turismo
  • Fórum Oceano - Associação da Economia do Mar
  • estações náuticas
  • Estações Náuticas de Portugal
  • Estação Náutica Castelo do Bode
  • Fotografia
    Leo Domingos
  • Fonte
    Alexandre Melo
similar News
similar
outubro 15
Nasceu a Matosinhos Surf School Cup: a nova competição para as escolas de surf do concelho
outubro 15
Faleceu Tom Morey, o Pai do Bodyboard
outubro 15
Recolhidos 10 kg de lixo marinho na Praia do Samouco (Galeria Fotos)
outubro 15
Reserva Mundial de Surf da Ericeira comemorou 10º aniversário
outubro 15
'EDP Surf for Tomorrow' - A viagem às Maldivas
outubro 15
Nuno Vitorino recebe prémio do Comité Paralímpico de Portugal
outubro 15
Fim de semana chega com tempo mais cinzento e regresso da chuva nas regiões Norte e Centro