Homepage

  • Afonso Antunes sonha ser campeão do mundo e representar Portugal nas Olimpíadas
    07 julho 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ANSurfistas/Jorge Matreno
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Atual líder do ranking da Liga MEO Surf, o jovem surfista aponta a voos bem altos para a sua carreira internacional.
  • A carreira de Afonso Antunes no surf ainda está a dar os seus primeiros passos, mas este já é na atualidade um dos principais nomes do surf nacional.

    Tem apenas 16 anos, mas bate-se de igual para igual com todos os outros surfistas. Seja aqueles que já são consagrados da modalidade ou outros jovens que também procuram o seu espaço na arte de surfar ondas estando em pé numa prancha.

    No seu entender a "idade não interessa, o que interessa é o foco, o trabalho, a dedicação e o nível de surf".

    E seguramente foi sendo fiel a estes princípios que o filho do antigo campeão nacional de surf João Antunes obteve, no fim de semana passado, a sua primeira vitória na competição máxima do surf nacional, a Liga MEO Surf. Afonso Antunes conquistou o Allianz Ericeira Pro, que decorreu na mítica Praia de Ribeira d'Ilhas.

    Um saboroso triunfo que catapulta o jovem Afonso para a liderança do ranking nacional em igualdade com Frederico Morais, nada mais nada menos do que o representante de Portugal na divisão máxima do surf mundial, o World Championship Tour (WCT) da World Surf League.

    Contudo, será o surfista da Ericeira, a vestir a licra amarela na próxima etapa, o Allianz Sintra Pro, uma vez que tem melhor seeding em relação ao ano anterior – Kikas só entrou numa etapa em 2019.

    Seguir as pisadas do pai e sagrar-se campeão nacional de surf Open poderá vir a acontecer em 2020, mas para já o jovem surfista rejeita qualquer euforia. Isto num ano que não começou da melhor forma, uma vez que Afonso Antunes fraturou uma perna no início de março, poucos dias antes de chegar o confinamento devido à pandemia de Covid-19. 

    Foi em recuperação de uma lesão que Afonso atravessou este longo hiato, tendo assim chegado com muita fome de surf na hora em que a buzina voltou a tocar. 

    "Estou a mostrar um bom nível de surf e é bom estar no topo, lado a lado com o Frederico Morais, um dos melhores surfistas portugueses. Ser campeão nacional? Está em jogo. Não escondo que gostava alcançar o título, mas só foram realizadas duas etapas. Ainda é muito cedo para pensar nisso", diz o surfista de 16 anos em entrevista à agência noticiosa Lusa. 

    Apesar de querer brilhar dentro de portas, o jovem prodígio do surf nacional aponta para o futuro objetivos bem ambiciosos no que diz respeito à sua carreira além-fronteiras. 

    "Todos querem chegar ao WCT, mas o maior sonho é ser mesmo campeão do mundo", revela o filho de João Antunes. Simultaneamente, o surfista do Ericeira Surf Clube não esconde que adoraria "representar Portugal" e consequentemente "fazer os Jogos Olímpicos de 2024", que em termos de surf decorrerão na pesada onda de Teahupo'o, no Taiti. Não obstante as Olimpíadas terem como sede a capital de França, Paris.

    Recorde-se que a nível internacional, o atleta que faz parte do MEO H-Team já mostrou toda a qualidade do seu surf. Entre os resultados obtidos, destaque para a vitória no Rip Curl GromSearch de 2019 e ainda no mesmo ano a medalha de bronze conquistada no Mundial de Surf Júnior da International Surfing Association (ISA), na categoria Sub-16.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Surf
  • Portugal
  • Liga MEO Surf
  • MEO
  • Afonso Antunes
  • World Surf League
  • WCT
  • World Championship Tour
  • Jogos Olímpicos
  • Seleção Nacional
  • Competição
  • MEO H Team
  • Fotografia
    ANSurfistas/Jorge Matreno
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 15
Confinamento: AESDP esclarece posição tomada sobre atividade das escolas de surf
janeiro 15
Jaws prepara-se para receber maior ondulação dos últimos anos
janeiro 15
Confinamento: Escolas de surf proibidas de exercer atividade
janeiro 15
'Twiggy' Baker: 'A onda de Mavericks deu-me uma bofetada e mostrou quem manda'
janeiro 15
Frio mantém 8 distritos sob aviso amarelo até sábado
janeiro 15
Homem resgatado após acidente na zona rochosa da Praia do Porto Barril
janeiro 15
Surfista mordido por tubarão em Fernando de Noronha