Homepage

  • Stephanie Gilmore apostada em chegar ao oitavo título
    02 junho 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Stephanie admitiu que a paragem no Tour serviu para recarregar baterias, mas garante que não quer viver à sombra do currículo.
  • A cerimónia deste ano dos Australian Surfing Awards ficou marcada pela distinção do jovem Jack Robinson como surfista australiano do ano, mas um dos momentos mais importantes foi uma entrevista com Stephanie Gilmore, que mais uma vez venceu o prémio de surfista feminina do ano, onde a rainha do surf feminino mundial admitiu a vontade de chegar a um oitavo título mundial, conseguindo assim fazer história.

    Gilmore conquistou o sétimo título da carreira em 2018, igualando aí o registo histórico da compatriota Layne Beachley. Mas, aos 32 anos, e com uma temporada de 2020 que não deverá acontecer pela frente, Gilmore ainda quer mais. Ainda assim, apesar do desejo de conseguir mais um título mundial, admite que em 2021 a prioridade será a participação olímpica.

    “Adoraria conquistar o oitavo título mundial. Oito é um belo número”, afirmou Happy Steph, durante a cerimónia. “Os Jogos Olímpicos vão ser uma prioridade e são aquilo em que mais me quero focar por agora, mas admito que ainda tenho muito combustível para continuar a competir e gostaria muito de continuar a fazê-lo”, afirmou a surfista, que parece disposta a imitir o exemplo de longevidade de Kelly Slater.

    Stephanie admitiu que a paragem no Tour serviu para recarregar baterias, mas garante que não quer viver à sombra do currículo. “Esta é a melhor forma para melhorar, tendo surfistas mais jovens à tua volta, que não sentem qualquer medo e que querem isto tanto quanto tu. Quando ganhas títulos podes ficar um pouco mais relaxada, mas é importante tentar-me manter no topo”, explicou.

    “Tento pensar que aquelas raparigas estão ali e não querem saber quantos títulos eu tenho. Talvez até sejam inspiradas por mim, mas na realidade o que eles mais querem é esmagar-me. Por isso, essa competição é a coisa mais importante para qualquer atleta. É quando começas a ganhar coisas na tua carreira que te surpreendes com isso”, frisou Gilmore.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Stephanie Gilmore
  • WWT
  • WCT
  • Fotografia
    wsl
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
abril 22
Teresa Bonvalot vai estar ausente do Allianz Figueira Pro
abril 22
Adiado o arranque do Campeoanto Nacional de Bodysurf 2021
abril 22
Europa viveu em 2020 o ano mais quente desde que existem registos
abril 22
GNR registou 1100 crimes ambientais em 2020
abril 22
Numa década quase duplicou o número de 'zonas mortas' nos oceanos
abril 22
Rebocada para zona segura a baleia encalhada na Praia de Santo António
abril 22
Allianz Figueira Pro tem chamada para as 9 horas de sexta-feira