Homepage

  • SEAPPY cria aplicação que ajuda os nadadores-salvadores na busca de trabalho
    14 maio 2020
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Com esta inovação, a SEAPPY considera que serão resolvidos muitos dos problemas que os nadadores-salvadores têm para encontrar um local de trabalho.
  • Esta é uma ideia que surgiu há sensivelmente cinco anos e desde então tem vindo a ser desenvolvida por uma empresa com sede na Universidade do Algarve, contando com a ajuda de concessionários de praia, associação de nadadores-salvadores, empresas e os próprios nadadores-salvadores.

    Essa empresa é a SEAPPY, nome que resulta da associação das palavras sea (mar), app (aplicação) e happy (feliz).

    Esta concebeu uma plataforma que possibilita aos nadadores-salvadores a procura de postos de vigia para trabalhar, seja nas praias ou noutro tipo de espaços aquáticos.

    Com lançamento previsto para maio, ainda antes do arranque da época balnear, o nadador-salvador para usufruir da plataforma apenas necessita de ter ligação à internet. Esta estará operacional durante todo o ano, 24 horas por dia, não precisa de ser descarregada e estará disponível para qualquer suporte digital.

    Ao aceder à plataforma o nadador-salvador tem acesso às localizações dos postos de vigia que estejam visivelmente inseridos pelos próprios concessionários e associações.

    Após abrir a aplicação, o nadador-salvador faz a pesquisa dos postos de vigia mais perto de si, verificando, em tempo real, a disponibilidade e a taxa de ocupação desses postos de vigia. De seguida, poderá efetuar a sua marcação, selecionando o posto de vigia, e depois aguardará pela aprovação do responsável do posto de vigia.

    A plataforma também servirá como instrumento de trabalho que ajuda os concessionários e associações de nadadores-salvadores a recrutar, gerir nadadores-salvadores para os seus postos de vigia e consultar as respetivas escalas.

    Em comunicado, a SEAPPY sublinha que a "nova plataforma não pretende ser um substituto das organizações existentes de nadadores-salvadores, mas sim, uma plataforma mediadora entre concessionários/associações e nadadores-salvadores".

    Nesta fase, a aplicação encontra-se na fase de registo dos concessionários, associações e empresa. Quando este processo terminar, será aberto o acesso à comunidade dos nadadores-salvadores.

    “Qualquer concessionário que precise de um nadador-salvador pode efetuar o registo. Também pretendemos estender este serviço aos municípios”, explica Maria Inês, elemento associada ao projeto.

    A SEAPPY considera que com esta plataforma, serão "resolvidos muitos dos problemas que os nadadores-salvadores têm em encontrar postos para trabalhar, durante a época balnear e não só.

    Para aderir, basta ir a www.seappy.com, efetuar o registo e aguardar pela confirmação após a verificação dos dados introduzidos.

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Portugal
  • Verão
  • Época Balnear
  • Nadadores-salvadores
  • SEAPPY
  • Aplicação
  • App
  • Inovação
  • trabalho
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
outubro 20
Tomás Lacerda é o primeiro campeão nacional de SUP Downwind
outubro 20
Sete raias mantidas em cativeiro foram devolvidas ao mar das Berlengas
outubro 20
Joel Rodrigues apurado diretamente para a ronda 3 do Frontón King no Open
outubro 18
Praia da Arriba coroou os campeões nacionais de skimboard de 2021
outubro 19
Joel Rodrigues, o bodyboarder português que enfrenta o Frontón em busca do título mundial júnior
outubro 19
A Vaga Gigante está de regresso e o período de espera já começou!
outubro 18
Bodyboarders profissionais homenagearam o malogrado Tom Morey