Homepage

  • Já há permissão para a realização de competições individuais ao ar livre
    30 maio 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A Liga MEO Surf poderá ser a primeira competição de surf a realizar-se em todo o Mundo pós pandemia.
  • A partir de junho já podem ser retomadas e realizadas competições individuais e sem contacto físico e que sejam realizadas ao ar livre, o que significa que já há luz verde pata a realização de provas de desportos aquáticos, como surf, bodyboard, paddle, entre outras. A autorização surge no diploma publicado esta sexta-feira em Diário da República sobre o novo estado de calamidade em que o país vai continuar devido à pandemia do Covid-19.

    O artigo 19 do diploma dá aval positivo a competições que se enquadrem nestes moldes, tendo depois, obviamente, de cumprir todas as orientações definidas pela DGS. A única exceção a esta regra é a Primeira Liga de futebol, que há algum tempo que se sabia que iria beneficiar de regime de exceção para retomar no início de Junho.

    Uma das primeiras entidades do mundo das ondas a reagir a esta notícia foi a Associação Nacional de Surfistas, que publicou nas redes sociais a seguinte mensagem: “Estamos de volta! Mais informações em breve”. Algo que dá a entender que nos próximos dias deverá haver novidades em relação ao arranque do principal circuito nacional de surf.

    O post da ANS surge acompanhado de uma foto da Praia do Amado, para onde estava marcado o Allianz Algarve Pro, de 12 a 14 de junho. Embora ainda não seja certo que se realize nessa data, subentende-se que essa será mesmo a etapa inaugural da Liga MEO Surf 2020, podendo realizar-se ainda este mês.

    Caso isso aconteça, a Liga MEO Surf poderá ser a primeira competição de surf a realizar-se em todo o Mundo pós pandemia. No entanto, é certo que a logística na praia deverá ocorrer de forma diferente daquela a que os fãs estavam habituadas. O acesso ao público na praia deverá ser limitado, assim como as zonas de prova deverão ser reduzidas e, consequentemente, as transmissões em direto alargadas e melhoradas.

    Resta esperar pelos próximos dias para perceber que anúncios irão surgir por partes de organizações como a ANS e outras ligadas a desportos de ondas. Apesar desta abertura a este tipo de campeonatos, as provas internacionais de surf deverão sentir mais dificuldades em regressar, uma vez que estão muito dependentes das ligações aéreas entre os países de origem dos inúmeros competidores.

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Liga MEO Surf 2020
  • Diário da República
  • Covid-19
  • Mar
  • Competições
  • Fotografia
    ANSurfistas
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
abril 22
Teresa Bonvalot vai estar ausente do Allianz Figueira Pro
abril 22
Adiado o arranque do Campeoanto Nacional de Bodysurf 2021
abril 22
Europa viveu em 2020 o ano mais quente desde que existem registos
abril 22
GNR registou 1100 crimes ambientais em 2020
abril 22
Numa década quase duplicou o número de 'zonas mortas' nos oceanos
abril 22
Rebocada para zona segura a baleia encalhada na Praia de Santo António
abril 22
Allianz Figueira Pro tem chamada para as 9 horas de sexta-feira