Homepage

  • Proibição de ajuntamentos superiores a 10 pessoas é possibilidade para a época balnear
    06 maio 2020
    arrow
    arrow
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • A imposição de um limite de quatro a seis pessoas por chapéu-de-sol também poderá vir a ser uma realidade.
  • Em tempo de pandemia de Covid-19, continua a indefinição sobre aquilo que será a época balnear de 2020, que o Governo pretende arrancar no próximo dia 1 de junho. Um início que estará sempre dependente da evolução do quadro epidemiológico.

    Isto numa fase em que foi adiada a reunião da Comissão Técnica de Acompanhamento relativa à gestão das águas balneares, que é liderada pela Agência Portuguesa do Ambiente. O encontro deveria ter tido lugar hoje, dia 6 de maio, mas foi adiado, ainda que sem confirmação oficial, para a próxima quarta-feira, dia 13 de maio.

    Data em que se espera que fique finalizada a elaboração do manual de procedimentos sobre o acesso às praias na época balnear, que será depois aplicado por autarquias, concessionários de praia e banhistas. 

    Enquanto não chegam as certezas, especula-se sobre aquilo que poderá ser a época balnear. Para além de já se saber que os areais deverão ter um limite máximo de lotação, calculado em função da capacidade de carga de cada praia, nesta quarta-feira o 'Correio da Manhã' dá conta de mais planos que podem vir a ser uma realidade.

    Planos esses que podem passar por proibir ajuntamentos que tenham um número superior a 10 pessoas, precisamente a medida que vigora desde que foi declarada a situação de calamidade. Dentro deste contexto, as famílias numerosas poderão ser a única exceção.

    O mesmo órgão de comunicação social diz ainda que está a ser estudada a imposição de um limite de quatro a seis pessoas por chapéu-de-sol, a proibição da prática de desportos coletivos (futebol ou voleibol), estabelecimento de uma distância mínima de dois metros entre as toalhas nas zonas livres e entre três a quatros metros entre chapéus e toldos nas áreas concessionadas.

    Por fim, está em cima da mesa a criação de uma aplicação que informe os banhistas sobre quais as praias cujo a lotação ainda não está completa. Com esta solução, pretende-se evitar que os banhistas façam deslocações desnecessárias até aos destinos.

    Dúvidas para serem esclarecidas, ao que tudo indica, na próxima semana.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Portugal
  • Época Balnear
  • Verão
  • Agência Portuguesa do Ambiente
  • APA
  • Governo
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
junho 15
Publicada a lista final com a lotação das praias de Portugal Continental
junho 15
Quercus destaca aumento de praias com 'Qualidade de Ouro' em 2021
junho 15
Ponto irreversível do aquecimento global já pode ter sido atingido
junho 15
Terça-feira de trovoada: 12 distritos sob aviso laranja
junho 14
Câmara Municipal de Sintra vai requalificar a Praia das Maçãs
junho 14
21 meses depois regressou a Red Bull Cliff Diving World Series
junho 14
10 distritos sob aviso amarelo devido à previsão de chuva, granizo e trovoada