Homepage

  • Em 2020 há mais 8 praias com Bandeira Azul, 360 foram distinguidas
    20 maio 2020
    arrow
    arrow
  • Entre os 47 países que desenvolvem o programa, Portugal permanece na liderança no que diz respeito à percentagem de praias galardoadas, face ao total de designadas do país.
  • Numa fase em que estamos em contagem decrescente para uma época balnear como nunca vivemos, por força da pandemia de Covid-19, foi hoje revelado o número de praias nacionais que em 2020 foram distinguidas com o galardão Bandeira Azul.

    No total, serão 360 as praias vão hastear a Bandeira Azul, anunciou hoje a coordenação nacional do programa. Um número que em termos globais representa um acréscimo de mais oito praias (5 costeiras, 3 fluviais e 1 marina) em comparação com os dados do ano passado.

    As 360 praias estão distribuídas por 91 municípios, continente e ilhas, com Santa Maria da Feira e Portel a participarem pela primeira vez e Santa Cruz da Graciosa a regressar ao programa. 

    As praias estão distribuídas pelo Norte (76), Centro (46), Tejo (57), Alentejo (36), Algarve (87), Açores (42) e Madeira (16).

    Entre as praias que entram pela primeira vez na lista estão: Castelo do Queijo e Árvore, no norte; Pedrogão Sul e Mâmoa, no Centro; Caxias, Paço de Arcos e Foz do Sizandro, no Tejo; Praia da Amieira, no Alentejo; Marina de Portimão, no Algarve; Sargentos, nos Açores; Banda D’Além, na Madeira.

    Dentro do lote de estreantes, destaque para a inclusão das praias urbanas de Paço de Arcos e Caxias (localizadas no concelho de Oeiras) e o areal do Castelo do Queijo, no Porto. 

    No sentido inverso, as praias que perderam o estatuto são: Boa Nova Senhora, no Norte; Areinho, no Centro; Camilo e Batata, no Algarve; Areeiro e Calheta na Madeira.

    Estes resultados fazem com que Portugal, entre os 47 países que desenvolvem o Programa Bandeira Azul, se mantenha no primeiro lugar no que diz respeito à percentagem de praias galardoadas, face ao total de designadas do país.

    A coordenação nacional do programa Bandeira Azul revelou ainda que, devido ao atual contexto de pandemia de Covid-19, o mote para este ano é: “De volta ao mar, com a atitude de mudar”.

    Quanto a regulamentos de segurança, José Archer, da Associação Bandeira Azul, realçou que cabe às entidades responsáveis pela praia galardoada implementar as regras extraordinárias no seu espaço.

    Quando há Bandeira Azul, e enquanto estiver hasteada, é "seguro frequentar”, afirmou, salientado que a fruição destes espaços públicos vai depender da responsabilidade de cada um.

    A Bandeira Azul é um símbolo de qualidade ambiental atribuído anualmente a praias costeiras e fluviais que se candidatam ao galardão e que cumpram um conjunto de critérios. O Programa Bandeira Azul é promovido em Portugal pela Associação Bandeira Azul da Europa.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Portugal
  • Bandeira Azul
  • Programa
  • Verão
  • Época Balnear
  • Distinção
  • Galardão
  • Associação Bandeira Azul da Europa
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 26
Produção diária de energia eólica atingiu novo recorde em Portugal
janeiro 27
Revelado calendário dos circuitos regionais de surf para 2023
janeiro 27
Tempo frio vai continuar pelo menos até quinta-feira
janeiro 27
FPS anuncia 'grande mudança' no acesso aos circuitos em 2023
janeiro 26
Cidade chinesa regista temperatura recorde de -53ºC
janeiro 26
Frio fica para o fim de semana: todo o continente vai estar sob aviso amarelo
janeiro 26
FUEL TV lança programa de estágios