Homepage

  • Autoridade Marítima garante 'robusto dispositivo' em ação na época balnear
    18 maio 2020
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Autoridade Marítima Nacional
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Uma medida que terá como objetivo garantir que os cidadãos não adotem comportamentos de risco.
  • Foi na passada sexta-feira, em conferência de imprensa, que o primeiro-ministro António Costa anunciou que será a partir do dia 6 de junho que as praias vão reabrir para a prática balnear ao mesmo tempo que foram divulgadas as regras que vão nortear a ida à praia dos cidadãos em contexto de pandemia de Covid-19.

    Mediante este quadro, a Autoridade Marítima Nacional (ANM) garantiu, no passado sábado, que vai estar nas praias “com um robusto dispositivo” constituído por elementos das capitanias, Polícia Marítima e estações salva-vidas para garantir que as pessoas “não adotem comportamentos de risco”.

    Numa resposta enviada à agência noticiosa Lusa, a ANM refere que as regras de distanciamento físico já estão em vigor noutros setores da sociedade e os portugueses têm sabido respeitá-las, esperando que a mesma atitude seja adotada nas praias.

    Segundo a Autoridade Marítima Nacional, cabe “em primeiro lugar a utentes e banhistas” assegurar que esta atitude aconteça.

    “Não obstante, e à semelhança do que já fazemos há mais de 10 anos, a Autoridade Marítima vai estar no terreno com um robusto dispositivo, constituído por elementos das capitanias – que incluem militares da Marinha nos programas SEAWATCH (vigilância motorizada) e Praia Segura (vigilância apeada) –, Polícia Marítima e das estações salva-vidas, através do qual asseguraremos a vigilância, a assistência e o socorro, garantindo que as pessoas não adotam comportamentos de risco”, salienta.

    Sobre existência de “sinalética tipo semáforo” para informar sobre o estado de ocupação das praias, a ANM considera que “será um indicador importante” para todas as autoridades empenhadas no processo de acompanhamento e de aconselhamento a utentes e banhistas, sendo um contributo “para auxiliar as pessoas a decidir para onde ir quando elas preparam a sua deslocação para os espaços balneares”.

    A Autoridade Marítima Nacional sublinha ainda que as regras definidas sobre a época balnear, no contexto da pandemia de Covid-19, serão mais bem “conhecidas quando for publicado o decreto-lei do Governo, mas os princípios enunciados constituem já uma definição clara para orientar o trabalho de detalhe que tem estado a ser desenvolvido ao nível das estruturas que estão no terreno”.

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, encontras tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

     

Tags
  • Praia
  • Mar
  • Portugal
  • Verão
  • Época Balnear
  • Vigilância Balnear
  • Vigilância
  • Autoridade Marítima Nacional
  • Fotografia
    Autoridade Marítima Nacional
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
outubro 26
Maya Gabeira sofre lesão na Praia do Norte
outubro 26
Câmara de Oeiras avança com requalificação da Praia da Torre
outubro 25
Orcas danificam leme de veleiro ao largo de Sines
outubro 26
ICNF deteta 46 infrações em fiscalização de autocaravanismo e campismo selvagem
outubro 26
Adeus bom tempo: outubro vai despedir-se com chuva e descida das temperaturas máximas
outubro 25
Voltou! Ítalo Ferreira esteve a dropar as bombas do Canhão da Nazaré (Vídeo)
outubro 25
Novos campeões nacionais de bodyboard Open vão ser encontrados em Peniche